Grazi revela crise de choro após cena de estupro em 'Verdades Secretas'

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 15.03.2016:  Grazi Massafera   -  APCA comemora 60 anos com festa e entrega do premio dos melhores das artes em 2015, com pocket shows de Alex Nero e Tiago Abravanel. (Foto: Bruno Poletti/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 15.03.2016: Grazi Massafera - APCA comemora 60 anos com festa e entrega do premio dos melhores das artes em 2015, com pocket shows de Alex Nero e Tiago Abravanel. (Foto: Bruno Poletti/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Grazi Massafera, 39, revelou que precisou se preparar psicologicamente antes as gravações de "Verdades Secretas", novela de 2015 que será reprisada pela Globo a partir de terça-feira (24). Na trama, ela interpretou a modelo Larissa.

Viciada em drogas, a personagem acaba se prostituindo para sustentar o vício. Uma das cenas mais marcantes para a atriz foi uma em que Larissa é vítima de estupro.

"A cena de estupro foi forte, ao mesmo tempo muito acolhedora pela equipe, direção e atores", comentou em entrevista ao jornal O Globo. "No fim, tive uma crise de choro. Não pela cena em si, mas por sentir até que ponto nós mulheres somos vulneráveis a essa violência."

As sequências de sexo ao longo da novela já eram previstas, de modo que ela já estava esperando. "Me preparei para as cenas de sexo", disse. "Psicologicamente mesmo. A própria personagem fez com que isso fosse algo sem tabu. O sexo para ela nunca teve um erotismo, era algo ligado à condição de dependência química."

No entanto, a sequência mais complicada de gravar não foi relacionada a isso, mas uma que envolvia a personagem Fanny, dona da agência de modelos que empregava Larissa. "Ter que cuspir no rosto da Marieta Severo me pegou de surpresa", confessou. "Fiquei até sem dormir."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos