Gravadora da boyband sul-coreana BTS pede desculpas por visita a bar

SEUL (Reuters) - A gravadora da boyband sul-coreana BTS pediu desculpas em nome de um de seus integrantes que foi a um bar em abril, contrariando as orientações do governo, no momento em que o país está tentando conter um recente surto de coronavírus na região de bares de Seul.

Jungkook, o vocalista principal do BTS, visitou um restaurante e um bar no bairro de Itaewon com amigos em 25 de abril, afirmou a gravadora Big Hit Entertainment na segunda-feira.

Novos casos do vírus surgiram no bairro neste mês, depois que medidas de distanciamento social foram aliviadas em 6 de maio, levando as autoridades a adiar a reabertura das escolas e fechar novamente os bares e clubes.

"Não temos desculpa para colocar a vida pessoal do artista acima de podermos enfatizar a importância do distanciamento social. Reverenciamos em desculpas", afirmou a agência.

O jovem de 22 anos, que esteve no bar antes de o primeiro caso entre os frequentadores de clubes de Itaewon ser confirmado, não mostra nenhum sintoma e testou negativo para a infecção, informou a Big Hit.

"Ele também lamenta profundamente por não ter seguido seriamente as medidas de distanciamento social", completou.

A Coreia do Sul foi elogiada por sua resposta rápida e eficaz à pandemia, mas o ressurgimento de casos levantou preocupações sobre uma segunda onda de infecções.

A mídia local informou que três outros membros da boyband estavam com Jungkook durante o passeio.

(Por Sangmi Cha; reportagem adicional de Hyonhee Shin)