1 / 24

Grammys 2020

Foto: Getty Images

Grammys 2020: Ternos coloridos, protestos e muito cinza domina o red carpet

O 62º Grammy aconteceu neste domingo (26), no Staples Center, a casa do Los Angeles Lakers, com vários momentos emocionantes. Logo no início, o evento homenageou Kobe Bryant, jogador de basquete que morreu poucas horas antes, aos 41 anos, em um acidente de helicóptero nos Estados Unidos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Lizzo dedicou sua apresentação ao atleta e afirmou que “a noite foi para ele” antes de cantar as músicas ‘Cruz I Love You’ e ‘Truth Hurts’. Quem também não deixou de lembrar de Kobe foi Alicia Keys. A cantora citou a filha dele, Ginna, que também morreu no acidente.

Leia também:

Já no tapete vermelho, os visuais em cinza dominaram o backdrop das fotos, com direito até a um grande vestido bufante escolhido por Ariana Grande e muito brilho da parte de Lana Del Rey. Mas quem foi destaque mesmo foram os homens, que apostaram em costumes coloridos - principalmente vinho - recortes estratégicos e strass no terno.

Além disso, Joy Villa, ativista conservadora famosa por looks que apoiam o atual governo do presidente Donald Trump nos EUA, chegou com um visual todo em vermelho que era claramente contra o impeachmente de Trump. Veja todos os looks acima: