Graciele Lacerda e Zezé Di Camargo passam sufoco em voo para Miami

*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 02.10.2017 - O casal Graciele Lacerda e Zezé Di Camargo. (Foto: Marcus Leoni/Folhapress)
*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 02.10.2017 - O casal Graciele Lacerda e Zezé Di Camargo. (Foto: Marcus Leoni/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Zezé Di Camargo e Graciele Lacerda escolheram curtir a chegada de 2023 em Miami, Estados Unidos. Os dois embarcaram na noite desta sexta-feira (30) e passaram um sufoco em pleno voo. Um homem morreu dormindo e a tripulação acabou descobrindo a tragédia antes do desembarque. "Chorei horrores porque foi uma cena muito triste ver a família desesperada com a situação", começou a influenciadora já no hotel, mas ainda abalada com o caso.

A madrasta de Wanessa Camargo revelou que o casal só conseguiu sair do avião duas horas depois do desembarque. "Que luta para chegar no hotel e que voo! A gente chegou 6h, mas só conseguimos sair do avião umas 8h. Isso porque teve muita insistência do piloto, do pessoal do aeroporto, para liberar a aeronave. Como morreu uma pessoa no voo foi preciso fazer uma perícia no avião. Um sufoco", reconheceu.

Graciele Lacerda continuou com o seu relato. "Não sei nem o que falar, fiquei bem abalada e chorei horrores. Foi uma cena triste, foi perto da gente, umas cinco cadeiras atrás. Vi aquela cena das pessoas tentando reanimá-lo, tentando tirar o corpo dele da cadeira. Muito triste. Era um homem e ele estava acompanhado da mulher, filhos e netos. Vi o desespero de todo mundo. Deus me livre", lamentou.

Por fim, Graciele falou que a triste experiência serviu como uma reflexão sobre pensar e cuidar mais da saúde. "Fiquei muito triste, gente. Você vê que era uma família grande, que estava vindo para Miami curtir uma virado com todo mundo junto. Isso serve também como uma lição, uma reflexão para a gente pensar na nossa vida e dar valor a nossa saúde, que é o bem mais importante."