Governo Bolsonaro pirateia Nelson Rodrigues e Nick Hornby em site

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério da Cidadania pirateou os livros "Febre de Bola", do escritor inglês Nick Hornby, e "À Sombra das Chuteiras Imortais", de Nelson Rodrigues, disponibilizando arquivos irregulares das duas obras em seu site.

O governo disponibilizou as obras por meio da página Academia e Futebol, que consiste em um programa da Secretaria Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor com o fim de apoiar a difusão da produção científica em relação ao esporte através de recursos para a realização de pesquisas, produção de artigos e livros relacionados ao tema.

Dentre os serviços disponíveis no site do programa, há a Biblioteca do Futebol, que reúne livros e teses sobre o esporte. No meio, há livros que podem ser reproduzidos livremente, como os produzidos pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, em parceria com o governo, ou da Imprensa Oficial, como "Fome de Bola: Cinema e Futebol no Brasil", do crítico Luiz Zanin Oricchio.

Entre eles, porém, encontram-se dois arquivos de edições pirateadas da Companhia das Letras, atribuídas aos sites Digital Source e Le Livros.

Por meio de sua assessoria, a editora disse estar ciente da oferta irregular dos títulos no site do Ministério da Cidadania e que já tomou as medidas cabíveis. Contatada pela reportagem, a assessoria do ministério não deu um posicionamento até a publicação desta reportagem.

Segundo a Daniela Malone, diretora da Associação Brasileira de Direitos Reprográficos, a ABDR, livros digitais exigem um suporte próprio para leitura, afinal, quando algum cliente compra algum ebook não recebe simplesmente um arquivo PDF. O caso configuraria pirataria pois infringe os direitos autorais ao não remunerar nem o autor nem a editora e a equipe envolvida na preparação da obra licenciada para venda no país.

Malone conta ainda que o site Le Livros já está sendo processado por pirataria pela ABDR por trazer centenas de livros pirateados. "É muito condenável isso que foi feito", diz, "e precisa ser retirado do ar urgentemente. A associação já prepara essa notificação."

"A dificuldade em imputar a Le Livros é que o site é hospedado no exterior e os representantes aqui no Brasil são laranjas", complementa.

O livro de Hornby, que impresso é ven dido por R$ 59,90 no site da editora, narra as memórias do escritor best-seller, e de como se tornou um fanático pelo esporte. Para ele, o futebol é uma metáfora da vida, mas não deixa de abordar temas polêmicos que o acometem, como a violência nos estádios e as relações ambíguas entre cartolas e torcidas.

Já a edição do famoso dramaturgo e cronista, já esgotada, pode ser comprado por cerca de R$ 40,00 em sebos virtuais. Hoje seus livros são publicados pela Nova Fronteira.

Primeira coletânea das crônicas esportivas do autor, o volume reúne setenta textos que ele publicou na revista Manchete Esportiva e no jornal O Globo entre os anos de 1955 e 1970. As crônicas do livro percorrem desde a derrota do Brasil para o Uruguai na final da Copa de 1950, em pleno Maracanã, até a conquista definitiva do tricampeonato mundial no México, em 1970. Organizada por Ruy Castro, a antologia se tornou uma referência da literatura sobre futebol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos