Currículo de interino exibido pelo Ministério não tem nenhuma menção à palavra saúde

(Andressa Anholete/Getty Images)

O Ministério da Saúde anunciou neste sábado (16) o general Eduardo Pazuello como chefe interino da pasta após a saída de Nelson Teich.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

No Twitter, o ministério divulgou o currículo de Pazuello para ocupar o cargo, destacando os distintivos conquistados pelo militar, porém com nenhuma menção à saúde.

Leia também

Entre as qualificações divulgadas pelo ministério, estão “assessor de planejamento, programação e controle orçamentário do comando logístico” e “coordenador logístico das tropas do Exército brasileiro nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do RJ”.

Minutos depois, o perfil do ministério excluiu a publicação com o currículo do militar e reescreveu o tweet.

Teich deixou a Saúde com apenas 28 dias no cargo. Na última sexta-feira, o ex-ministro convocou a imprensa para um pronunciamento de menos de dez minutos para explicar sua saída: “A vida é feira de escolhas, e hoje eu escolhi sair”.