1 / 6

Mulheres protestam por diversidade na moda

Mulheres protestam por diversidade na moda – Reprodução/Instagram @nunude_official/@love_disfigure

Gorda, negra, magra: mulheres protestam contra Victoria's Secret

Mesmo com as baixas temperaturas em Londres, um grupo de mulheres não se intimidou e vestiu apenas lingeries para protestar à favor da diversidade. O protesto é uma iniciativa da “Love Disfigure”, grupo que luta por mais diversidade na moda, e a Nunude, marca de roupa com os mesmos valores.

Leia mais: Victoria’s Secret enfrenta protesto “antiangel”

As mulheres pediram mais visibilidade de diferentes biótipos na indústria, começando pela passarela da Victoria’s Secret. As participantes seguraram cartazes e clamaram por mudanças.

“Não é apenas sobre diversidade de corpo ou pele. É sobre toda e qualquer diferença, somos todas iguais. Somos todas amadas e todas lindas”, disse a legenda na página da Nunude.

Já o Love Disfigure foi ainda mais enfático em um de seus posts. “Quando as pessoas olham para nós e pensam que estamos querendo chamar a atenção porque comemos demais, elas são claramente cegas sobre o que acontece no mundo. Nos tornamos tão condicionadas a ver apenas um tipo de corpo que achamos difícil abrir nossas cabeças para querer ver outros”.

A Victoria’s Secret já causou muita polêmica quando questionada sobre a falta de diversidade em seu cast. “Deveríamos colocar transexuais no desfile? Não, não acho que deveríamos. Por que? Porque o desfile é uma fantasia. São 42 minutos de entretenimento especial”, disse Ed Razek, chefe de marketing do grupo que conduz a marca.

Leia mais: Google defende protestos de funcionários sobre diversidade e assédio sexual

Ele também disse que a Victoria’s Secret não pretende convidar modelos plus-size para os desfiles futuros, já que “ninguém tem interesse nisso”.