God of War Ragnarok precisava ter três coisas para acontecer, de acordo com Cory Barlog

Aviso de spoiler: este artigo contém spoilers de God of War Ragnarok

De acordo com Cory Barlog, diretor do God of War de 2018, a sequência God of War Ragnarok precisava ter essas três coisas, sem falta.

Este artigo contém detalhes de uma entrevista em um episódio especial de spoilercast de Beyond. Contém spoilers do final de God of War Ragnarok abaixo.

Em entrevista ao IGN, em um spoilercast de Beyond, o diretor de God of War Ragnarok, Eric Williams, compartilhou que Barlog disse que três coisas "tinham que ser feitas" para que a sequência não apenas funcionasse, mas concluísse a saga nórdica para Kratos.

"Barlog me deu três coisas que precisavam ser feitas e eu disse que tudo bem", lembrou Williams. "E eu fiquei tipo, 'Quais são as três coisas?' [e] ele disse, 'Bem, Ragnarok vai acontecer. O garoto tem que ir embora e Brok vai morrer".

Barlog então perguntou para Williams se ele sabia por que Brok teve que morrer e Williams compartilhou que esse tópico foi discutido entre os dois anteriormente, alguns anos atrás. "Ele é o cachorro da família", respondeu Williams.

Ragnarok acontecendo, Atreus saindo e Brok morrendo, de fato tudo acontece na sequência de God of War, o que cria alguns dos momentos mais emocionantes do jogo. De acordo com Williams, essas três coisas garantiriam que a história nórdica de Kratos pudesse se desenrolar em dois jogos ao invés de três.

Williams disse que a PlayStation "definitivamente" queria que o estúdio fizesse uma sequência, mas a equi...

God of War Ragnarok precisava ter três coisas para acontecer, de acordo com Cory Barlog
Leia Mais