Gloria Kalil acredita que a moda pós-pandemia vai ser mais sofisticada: "Chega de moletom e pijamas"

Fernando Rocha
·1 minuto de leitura

Durante a pandemia do novo coronavírus e o isolamento social, moda se tornou sinônimo de conforto. Mas agora que se começa a pensar em uma vida pós-pandemia, será que vai continuar assim? Sair de pijamas e pantufas nas ruas vai ser algo cotidiano? Quem responde essas perguntas é a consultora de moda Gloria Kalil, convidada da semana do ‘É Normal?

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Tenho a impressão que vai ser o contrário, que as pessoas vão ter vontade de usar um pouquinho mais de moda, uma coisa mais estruturada. Chega de moletom e pijamas”, opina a profissional, que acredita que vai acontecer uma valorização da moda.

Veja também

Gloria não nega que o conforto possa estar presente no design das peças. “O fato de ter uma forma mais arrojada, uma coisa mais sofisticada, está longe de significar que tenha que ser desconfortável. Não são contraditórias as noções de moda e conforto”, diz ela.

Para a consultora, outra coisa que vai ser um reflexo da pandemia na moda é o costume de comprar roupas sem experimentar antes. A modalidade de compras on-line pode continuar em alta por este motivo, mas as marcas mais desconhecidas do público pode sofrer com isso.

Assista o vídeo e confira a explicação dada por Gloria.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube