Globo de Ouro volta à TV em 2023

Pontuado por escândalos, o Globo de Ouro anunciou nesta terça-feira seu retorno à televisão em 2023, onde tentará recuperar seu antigo esplendor após uma última edição amplamente evitada por Hollywood.

"Estamos empolgados em anunciar o retorno do Globo de Ouro na NBC e a organização da 'Festa do Ano' para o público em todo o mundo que estava esperando por seu retorno", disse Helen Hoehne, presidente da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) que entrega o prêmio.

No início de 2022, a cerimônia ocorreu sem público e não foi transmitida pela televisão. Seu parceiro regular, a rede NBC, parou de transmitir o evento depois que o HFPA foi alvo de acusações que prejudicaram seriamente sua reputação.

Mais de 100 agentes escreveram em 2021 à HFPA para reclamar de seu "comportamento discriminatório e não profissional, falta de ética e acusações de corrupção".

Diante do escândalo, a organização rapidamente anunciou uma série de reformas, incluindo uma contratação inédita de novos membros para melhorar a representação das minorias.

"A HFPA continua comprometida com mudanças importantes e programas de apoio que priorizam a diversidade, inclusão e transparência", disse Hoehne.

A organização se viu no centro das atenções depois que uma investigação de 2021 do Los Angeles Times revelou que, na época, não tinha um único membro negro.

Procurando evitar críticas, a HFPA (escritores de entretenimento ligados a publicações estrangeiras) apressou-se em realizar reformas, incluindo a admissão de sua maior entrada anual de novos membros no ano passado.

Mas estrelas como Scarlett Johansson e Mark Ruffalo denunciaram publicamente essas reformas como insuficientes, enquanto Tom Cruise devolveu seus três Globos de Ouro à organização em protesto.

hg/yow/gm/mr