Globo de Ouro não terá público nem transmissão pela TV

·1 min de leitura
(Arquivo) A cerimônia do Globo de Ouro acontecerá no próximo domingo (AFP/Robyn Beck)

A 79ª edição do Globo de Ouro será realizada no próximo domingo sem público e sem mídia, após um boicote por motivos éticos sofrido pelo evento, conhecido como a maior festa de Hollywood.

A Associação de Imprensa Internacional de Hollywood (HFPA), responsável pela votação, foi acusada de racismo, sexismo, bullying e corrupção, e a rede de TV NBC decidiu não transmitir a cerimônia este ano.

Os resultados dos prêmios de cinema e televisão serão anunciados no próximo domingo. O programa da cerimônia, que acontecerá em um hotel de Beverly Hills, buscará ressaltar "o trabalho filantrópico de longa data da HFPA".

"Nos últimos 25 anos, o HFPA doou US$ 50 milhões para mais de 70 instituições de caridade ligadas ao entretenimento, à restauração de filmes, bolsas de estudo e esforços humanitários", destacou o grupo em comunicado. A organização também confirmou que não haverá público durante a cerimônia, devido à pandemia.

A credibilidade do Globo de Ouro vem sendo questionada e há incertezas sobre seu futuro. Estúdios e anunciantes poderosos se negaram a participar da edição deste ano, enquanto astros do primeiro escalão se distanciaram da HFPA até que mudanças sejam feitas.

A organização, composta por pouco mais de 100 escritores de entretenimento ligados a publicações estrangeiras, foi rápida em fazer algumas mudanças, incluindo a admissão de seu maior número anual de novos membros no ano passado, em uma tentativa de renovação.

A questão da diversidade nas fileiras da HFPA foi levantada por uma investigação feita pelo jornal "Los Angeles Times", a qual revelou no ano passado que a organização não tinha um único membro negro.

amz/hg/sst/pr/ag/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos