Globo estuda possibilidade de retomar gravações das novelas no mês de julho

'Amor de Mãe', escrita por Manuela Dias, entrou em hiato por conta da pandemia do novo coronavírus (Foto: Reprodução/TV Globo)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Suspensas desde março, as gravações das novelas da Globo poderão ser retomadas no mês de julho. A informação foi confirmada pela própria emissora, que afirmou, no entanto, estudar também outros cenários, a depender da progressão do novo coronavírus no país.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Apesar de a emissora já caminhar para a normalização de sua programação, com o retorno do programa ‘Encontro’ e o encerramento do ‘Combate ao Coronavírus’, o risco da doença ainda causado preocupações e levou, nesta semana, ao fechamento do departamento de maquiagem da emissora no Rio.

Leia também

A Globo não informou quais profissionais apresentaram sintomas da doença, mas, segundo o site Notícias da TV, a maquiadora dos apresentadores do ‘Jornal Nacional’, William Bonner e Renata Vasconcelos, seria um deles.

No caso das novelas, estão suspensas há mais de dois meses as gravações de ‘Amor de Mãe’, ‘Salve-se Quem Puder’ e ‘Nos Tempos do Imperador’. Essa última sucederia ‘Éramos Seis’, mas nem chegou a estrear. A nova temporada de ‘Malhação’ também teve as gravações adiadas.

A novela ‘Amor de Mãe’, por exemplo, teria terminado no último sábado (23) caso não tivesse sido interrompida, como recordou a atriz Regina Casé, 66, que afirmou em suas redes sociais estar com saudades de sua personagem, a dona Lourdes, além de seus “parceiros e parceiras” da trama.

Com a aproximação da volta aos estúdios, alguns atores dizem acreditar que haverá alterações na forma como as novelas serão apresentadas após a pandemia. Murilo Benício, por exemplo, diz que as cenas de beijos demorarão a retornar às telinhas. Já Vladimir Brichta, afirmou que o coronavírus deverá aparecer na trama.