Globo acertou ao cortar Tiago Abravanel da vinheta do "BBB 22" com gosto

Tiago Abravanel pediu para sair do
Tiago Abravanel pediu para sair do "BBB 22" (Reprodução/Globoplay)

Tiago Abravanel desistiu do "BBB 22" e já foi cortado da vinheta do programa. O marido dele, Fernando Poli, não gostou da atitude da emissora e reclamou nos Stories do Instagram na noite desta terça-feira (1/3). Apesar das opiniões divididas, é preciso reconhecer que a direção do reality agiu corretamente.

Todos os participantes sabem as consequências que uma desistência do "BBB" pode gerar. Além do rompimento do contrato, o brother perde o cachê e é "apagado" da temporada. Tiago Abravanel entrou no reality sabendo disso e de todas as outras regras do programa. Ainda assim, o neto de Silvio Santos jogou contra ele mesmo: pediu para sair quando se sentiu ameaçado e, antes disso, tentou fazer da edição um retiro, o que irritou o público.

Tiago não valorizou a oportunidade que muitos gostariam de ter. Todos os anos, milhares de anônimos se inscrevem para participar do programa com a esperança de ao menos terem a chance de brigar por R$ 1,5 milhão. Em circunstâncias diferentes, muitos famosos também sonham com a oportunidade para aumentar a projeção e alavancar a carreira, como foi o caso de Rodolffo, que explodiu com a canção "Batom de Cereja", em 2021.

Todos os desistentes, exceto Lucas Penteado e Leonardo Jancu, que deixaram suas edições de forma polêmica, foram "apagados" da vinheta de suas respectivas edições. Dilson (BBB 3), Bambam (BBB 13), Tamires (BBB 15) e Alan (BBB 16) são exemplos disso.

É claro que não dá para julgar o que levou Tiago a tomar a decisão de deixar o reality show, pois só ele sabe o que estava sentindo no momento. Mas achar que o brother deveria permanecer na vinheta é um pouco demais. O que ele tem que os outros desistentes não tiveram? E o que ele entregou dentro do confinamento para continuar na abertura? O fato de ser camarote e neto de Silvio Santos não deveria beneficiá-lo agora. A Globo sabe disso e cumpriu o dever de casa.