Ex-BBB Wagner usa carro de Gleici e atropela ciclista de 38 anos: 'Apareceu na contramão'

Foto: Reprodução/Instagram (@gleicidamasceno)

A madrugada desta terça-feira (20) foi tensa para Gleici Damasceno e Wagner Santiago, que participaram do ‘BBB 18’. O casal se envolveu em um acidente de trânsito em Rio Branco, no Acre, e um ciclista de 38 anos acabou atropelado.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Os dois prestaram socorro a vítima e falaram sobre o assunto em suas redes sociais. No Instagram, Gleici afirmou que já tinha muita gente falando mentiras, mas a maior preocupação deles é com o ciclista.

“Digo pra vocês que passei por um sufoco, mas graças a Deus ele está bem. Só isso que me importa. Não me importa o que as pessoas estão falando, elas vão acertar as contas com quem tem que acertar e não é comigo”, disse ela.

Leia também:

Mais tarde, quando o rapaz recebeu alta, a campeã do reality da Globo voltou a falar sobre o assunto. “Ele já teve alta, ainda não foi liberado porque não tem ninguém da família dele aqui. Mas está tudo certinho. Ele foi avaliado por toda a equipe médica, passou por neurologista, clínico geral. Só estou esperando ele sair para ir em paz mesmo”, explicou a acreana.

Wagner, que foi quem estava dirigindo o carro no momento do acidente, também falou sobre o caso. “Foi em uma rotatória. O ciclista apareceu na contramão e a gente acabou colidindo. Eu parei, prestei socorro. O ciclista é um senhor de 38 anos. Estou aqui na unidade de saúde. No momento do acidente só eu estava no carro”, contou o tatuador.

Nos Stories do Instagram, Wagner também garantiu que dará toda assistência ao homem atropelado. “Quero ouvir a versão dele, saber como ele está, olhar no olho dele. Esse é o meu papel. Essa é a minha cara. A minha preocupação é com ele”, disse o ex-BBB.

Confusão no local do acidente

Antes de Gleici e Wagner se pronunciarem, um vídeo dos dois no local em que o acidente aconteceu já estava circulando pelas redes sociais. Nas imagens, um rapaz invade a área delimitada pela polícia, afirma que Wagner “bateu” em uma senhora e tenta entrevistar o casal.

Wagner aparece revoltado e pede para o homem desligar a câmera. “Com a autorização de quem você está filmando? Uso de imagem! Direito autoral”, diz ele. O homem, então, rebate o ex-BBB. “Um acidente de trânsito e eu não posso gravar? O que é isso?”, reclama.

Em seguida, Gleici chega para acalmar os ânimos. “A questão é que você está filmando a placa do meu carro. Você pode filmar só que você está filmando a placa do meu carro”, afirma. A polícia chega para conversar com os envolvidos, mas Wagner dispara que o homem é um “pedaço de lixo, um cocô humano”.

Veja o vídeo:

Esclarecimento

Assim como Gleici afirmou que “tem muita gente falando muita coisa”, Wagner também citou a treta com o homem que tentou entrevistar os dois no local do acidente. Segundo o tatuador, o rapaz foi “deselegante”.

“O que aconteceu é que uma pessoa que não conheço, que não faço a mínima de quem seja, chegou lá, invadiu o espaço da polícia, chegou dizendo que matei uma senhora atropelada. Foi muito deselegante isso. Pedi para ele parar de filmar, falei que não autorizava, tapei o celular e deu nisso”, explicou.

Para Wagner, o que aconteceu foi muito sensacionalismo. “Foi uma espetacularização do caso, mas a minha única preocupação é com a saúde da pessoa e eu estou aqui para prestar socorro”, disse ele.

Mais tarde, em nota, Wagner reconheceu que ficou nervoso. “Não me senti confortável diante de quem parou apenas para publicizar o acidente. E deixo claro que respeito o trabalho da imprensa, tanto que fiz questão de falar com jornalistas que foram ao local em um momento mais adequado”, esclareceu.

Foto: Reprodução/Instagram (@wagnersantiago_)