Gizelly diz que não conhece Felipe Neto e youtuber ironiza: "Sou cantor"

Bárbara Saryne
·3 minuto de leitura
A reação da advogada virou piada (Foto: Reprodução/Instagram/@gizellybicalho/Youtube)
A reação da advogada virou piada (Foto: Reprodução/Instagram/@gizellybicalho/Youtube)

Gizelly Bicalho saiu do ‘BBB 20’ após enfrentar Babu Santana e Mari Gonzalez no paredão. Felipe Neto foi um dos famosos que fizeram campanha para eliminar a participante. Nesta quinta-feira (16), porém, a advogada disse em uma live compartilhada com Marcela que não sabe quem é o youtuber.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

A amiga não segurou o riso e a reação virou piada nas redes sociais. Felipe Neto ironizou e respondeu com bom-humor. “Pra quem não sabe, Felipe Neto é um cantor de não muito prestígio, mas responsável pelo disco ‘Te Dei Demais - Só se Aplaude Quem Merece’. O disco não fez muito sucesso”, publicou.

Assim que soube que o assunto repercutiu, Gizelly disse que não foi sua intenção menosprezar Felipe Neto. “Gente, coitado do homem. É sério, eu falei de coração”, explicou. Um amigo dela disse que Gizelly não deveria se culpar porque Felipe a criticou muito quando ainda estava no programa.

“Ué, mas eu também falo mal das pessoas sem saber. Às vezes a gente está lá julgando e não sabe igual no programa. A gente falou um montão de coisa e talvez não era coisa. Eu não conheço ele”, lamentou a advogada.

Leia também

Felipe Neto discutiu com os administradores dos perfis oficiais da ex-BBB enquanto ela ainda estava no reality. Tudo começou quando o youtuber criticou uma fala considerada racista da moça. Na ocasião, Gizelly perguntou se Thelma passava barro no rosto, Felipe ficou bravo e os fãs da advogada disseram que ele estava sendo machista.

“Tem que ser muito filho da puta pra falar que critiquei a Gizelly por ser MULHER... Ao invés do fato dela ser branca, formada em Direito, exercendo a profissão de advogada, ter errado repetidamente e ter feito o comentário do barro em contexto totalmente diferente”, afirmou ele, que recebeu uma resposta afiada logo em seguida.

“Felipe, acho super válido você querer abordar temas como machismo, racismo e homofobia, mesmo que este não seja seu local de fala. Mas, se você mesmo diz que levou 10 anos para deixar de ser aquele moleque mimado e corrigir seus erros, qual moral você acha que tem para julgar alguém?”, iniciou o perfil oficial de Gizelly.

“Não queira ser o paladino da moral e do politicamente correto, este local nunca lhe coube. E digo mais: se o tribunal da internet te julgasse e condenasse na mesma proporção que você julga e condena, hoje em dia você não seria nada. Pense nisso”, concluiu os administradores das redes sociais da capixaba.