Gisele Bündchen diz que sentia 'raiva crescendo' durante brigas com Tom Brady

*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL, 26-08-2014, 19h12: Retrato da top Gisele Bundchen, em um quarto do hotel Tivoli, para entrevista sobre o desempenho da marca de lingerie dela e negocios no Brasil. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL, 26-08-2014, 19h12: Retrato da top Gisele Bundchen, em um quarto do hotel Tivoli, para entrevista sobre o desempenho da marca de lingerie dela e negocios no Brasil. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A supermodelo Gisele Bündchen, 42, já havia falado sobre as raras, porém tensas, discussões entre ela e o marido Tom Brady, 45. Em seu livro "Lições: Meu Caminho para uma vida significativa", lançado em 2018, ela comentou que, apesar deles não discutirem muito, podia sentir a raiva "crescendo".

"Tom e eu não discutimos muito, mas às vezes, quando sinto a raiva crescendo em mim —crescendo, crescendo— eu me conscientizo do que está acontecendo", revelou. "Em vez de reagir de uma forma da qual me arrependerei mais tarde, lembro-me de respirar."

A modelo escreveu que, nos momentos tensos, ela prefere conversar mais tarde. "A meditação tem sido fundamental para me ajudar com minha própria reatividade. Penso na minha raiva como um visitante e posso ver que é potencialmente destrutiva, então faço a escolha consciente de não me envolver com ela."

Por fim, em trechos reproduzidos pelo site Page Six, Bündchen concluiu que após uma briga, pensa: "Na próxima vez que Tom e eu estivermos juntos, podemos revisitar o que estamos falando de uma maneira amorosa e respeitosa, como sempre fazemos."

De acordo com o site americano, Bündchen e Brady estão passando por uma crise conjugal. A publicação afirma que a modelo brasileira deixou a casa da família, na Flórida, e viajou para a Costa Rica após uma série de discussões acaloradas com o atleta.

Fontes próximas ao casal contaram que os dois estão brigados. Os desentendimentos teriam começado depois que o jogador de futebol americano voltou atrás na decisão de se aposentar do esporte, o que seria o desejo de Gisele.

A informação vem a público após Brady virar notícia nos Estados Unidos por ter faltado aos treinos de sua equipe, os Tampa Bay Buccaneers, durante 11 dias em agosto. Ao ser perguntado sobre o assunto, no último sábado (27), ele disse que a ausência tinha sido por "motivos pessoais".

O casal, que se casou em 2009, tem dois filhos, Benjamin, 14, e Vivian, 9. Tom Brady ainda é pai de Jack, 15, com a atriz Bridget Moynahan. O jogador estaria cuidando das crianças enquanto Gisele está viajando.