Gisele Bündchen celebra chegada da Superlua

·2 minuto de leitura
Gisele Bündchen celebra a chegada da Superlua. Foto: Reprodução/Instagram @gisele
Gisele Bündchen celebra a chegada da Superlua. Foto: Reprodução/Instagram @gisele

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A modelo Gisele Bündchen, 40, usou as redes sociais nesta segunda (26) para celebrar a chegada da Superlua, a primeira de 2021. O fenômeno, que acontece poucas vezes ao ano quando o satélite chega mais perto da terra, acontece desde às 18h e tem pico previsto para à 0h33 de terça (27). 

Conectada com a natureza, ela diz que este é um momento para mudar a energia, entender o que está prendendo e transformar. "Quem você seria se não tivesse medo? Quem você seria se parasse de se sabotar e procrastinar? Quem você seria se se permitisse voar? Visualize essa pessoa. Tenha uma imagem clara dela em sua mente", diz a modelo. 

Leia também

Gisele pede para as pessoas lembrarem que são capazes de manifestar qualquer coisa na qual colocam o foco e de criarem o próprio futuro. Ela diz para as pessoas definirem suas intenções e deixarem a energia impulsionar os seus sonhos. "Reserve um momento para se conectar com aquilo pelo que você é mais grato e encha seu coração com esse sentimento", diz.

Aposentada das passarelas e considerada a principal modelo do mundo, Gisele deixou um legado inquestionável na moda, mas, ainda, se destaca em diversas causas ambientais, como a defesa da Amazônia, e no apoio a instituições de caridade, como Cruz Vermelha e Médicos Sem Fronteiras. A consciência ambiental deu seus primeiros passos em 2002, após ativistas da organização Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético de Animais) invadirem o desfile anual da marca de lingerie Victoria's Secret, enquanto a brasileira estava na passarela, com cartazes "Gisele: fur scum" (Gisele: escória de peles, em tradução livre). Um coração verde brotou na modelo gaúcha. 

Gisele frequentemente se manifesta em defesa da Amazônia. Ela se posicionou contra as queimadas na região ano passado e criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), quando ele anunciou que unificaria os mistérios do Meio Ambiente e da Agricultura. "Dois órgãos de imensa relevância nacional e que têm agendas próprias, e por vezes, incompatíveis. A natureza é o nosso bem mais valioso na Terra, e preservar o meio ambiente é essencial para o futuro dos nossos filhos. Por favor, permita que não retrocedamos décadas de luta pelas florestas", disse à época. No episódio de 2002, Gisele namorava o ator norte-americano Leonardo DiCaprio e, com ele, chegou a visitar uma reserva indígena no Xingu, no Mato Grosso. O assunto virou um dos mais comentados no Twitter na semana passada, quando internautas "descobriram" que eles haviam sido um casal por cinco anos, entre 2000 e 2005. A mensagem pode ser vista abaixo: 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.