Gisele é vista chorando na rua em meio a crise no casamento, diz site

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 10/11/2018 - A supermodelo Gisele Bündchen. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, BRASIL, 10/11/2018 - A supermodelo Gisele Bündchen. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A supermodelo Gisele Bündchen, 42, foi flagrada chorando enquanto falava ao celular, em Nova York, em meio à crise conjugal com o marido, Tom Brady, 45, segundo o Page Six. Ela foi vista chorando e caminhando sozinha em uma rua próxima ao apartamento que divide com o marido.

Bündchen esteve em Nova York esta semana, enquanto Brady, permanece na Flórida após as discussões do casal sobre a decisão do jogador de não se aposentar da NFL. Uma testemunha, que viu a modelo chorando, disse à publicação que ela poderia estar falando com Brady, que estava no campo de treinamento dos Buccaneers, em Tampa.

Bündchen -que compartilha o filho Benjamin, 12, Vivian, 9, e o enteado Jack, 15, com Brady,- disse à revista Elle que ela "definitivamente teve essas conversas [sobre aposentadoria dos campos] com ele repetidamente". Ela também explicou que colocou sua carreira em espera para a família e se mudou com os filhos para Boston para estar perto de Brady apoiando ele e seus sonhos.

"Ver meus filhos terem sucesso e se tornarem os lindos pequenos humanos que são, ver [Brady] ter sucesso e ser realizado em sua carreira -isso me deixa feliz", continuou ela. "Neste ponto da minha vida, sinto que fiz um bom trabalho."

Apesar dos boatos da crise no casamento, Gisele afastou rumores de um possível término com o marido, ao publicar nesta semana nas redes sociais uma mensagem de apoio e carinho a ele antes de um jogo de futebol americano. "Vamos lá, Tom Brady! Vamos lá, Bucs!", escreveu.