Giovanna Ewbank chora ao revelar síndrome do filho e diz sentir 'culpa absurda'

**Arquivo**SÃO PAULO, SP, 08.11.2019 - A atriz e apresentadora Giovanna Ewbank no Oscar Bistrô, cafeteria no bairro dos Jardins, na zona oeste de São Paulo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
**Arquivo**SÃO PAULO, SP, 08.11.2019 - A atriz e apresentadora Giovanna Ewbank no Oscar Bistrô, cafeteria no bairro dos Jardins, na zona oeste de São Paulo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Durante bate-papo com o apresentador Manoel Soares no podcast Quem Pode, Pod, Giovanna Ewbank revelou que se sentiu muito culpada quando descobriu que o filho Bless, 8, tinha uma síndrome sensorial. Segundo ela, sempre que o garoto se sentia mal por pisar na grama ou por conta de um cheiro mais forte, ela dizia ser frescura do garoto.

A síndrome faz com que o menino tenha a audição, o olfato e o tato mais aguçados do que as demais pessoas. "Durante a pandemia, o Bless começou a ficar muito aéreo, [fazendo] algumas coisas que eu achava um pouco estranhas. Comecei a achar que ele poderia ter um grau de autismo, até que uma médica em São Paulo o diagnosticar com uma síndrome sensorial", explicou.

"Diversas vezes ele passava pela cozinha e falava: 'Que cheiro forte!'. E eu falava: 'Bless, para com isso. É frescura, filho! É o cheiro da cebola'. Quando ele pisava na grama, falava: 'Me tira daqui'. E eu falava: 'Filho, para de frescura, é só grama'", emendou ela, chorando.

De acordo com Gio, "a culpa foi absurda". Com Bruno Gagliasso, além de Bless, têm os filhos Titi, 9, e Zyan, 2. "A gente teve que entender, observar, se adaptar. E hoje, o Bless vive com essa síndrome sensorial muito bem. Mas foi preciso o meu olhar, o olhar do Bruno e de vários médicos para que a gente entendesse a condição do Bless", concluiu.