Giovanna chora ao descobrir que foi cancelada fora da Casa de Vidro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Giovanna Leão, 25, uma das participantes da Casa de Vidro do BBB 23, mal estreou e já está sofrendo com os comentários nas redes sociais. A empresária chorou dentro do confinamento ao ser informada das críticas que está recebendo pelo público que acompanha a atração no shopping.

Nas redes sociais, usuários estão usando adjetivos como "forçada" e "debochada" para descrever a sister. Tuítes antigos da conta dela estão sendo compartilhados e os internautas estão chamando a participante de "racista".

Em uma das postagens recuperadas de Giovanna, ela usa a palavra "macaca" ao dizer que as pessoas "não sabem zoar". Em outra publicação, ela pergunta se "qualquer coisa mesmo é racismo, machismo, homofobia ou transfobia?"

A participante é de Campinas, em São Paulo, e tem desde os 17 anos uma empresa de beleza, que garante o sustento da família. Ela se define como forte e determinada e diz que é explosiva e acelerada.