Gil sofre ataque homofóbico e desabafa: "Ainda machuca muito”

·2 minuto de leitura
<p>Em conversa com Ana Clara durante o 'Rede BBB', <a href=

Em conversa com Ana Clara durante o 'Rede BBB',

O ex-participante do 'Big Brother Brasil 21' Gil do Vigor usou seu Twitter nesta sexta-feira (14) para desabafar com os fãs sobre um ataque homofóbico que sofreu. “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO!"

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O economista garantiu, no entanto, que não deixará o assunto passar batido. “Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo... É muita dor!”

Leia também

De acordo com o Blog de Jamildo, a clássica coreografia “Tchaki, tchaki” de Gil teria incomodado o advogado Flávio Koury, que é membro do Conselho Deliberativo do Sport. Em um áudio, Flávio teria dito que a presença do economista no campo do estádio do clube teria pegado “mal demais” para o time. 

O deputado e também conselheiro do clube, Romero Albuquerque (PP), foi o responsável por vazar o áudio do advogado e afirmou que vai solicitar a expulsão de Flávio do quadro social do time.

Gilberto Nogueira foi o último participante a ser eliminado da casa mais vigiada do Brasil. O participante tem mostrado seu carisma fora da casa e acabou virando garoto-propaganda da marca de iogurte Vigor. O economista também assinou contrato com a Rede Globo e vai participar do 'Encontro com Fátima Bernardes'.