Gianecchini diz que não podia falar sobre política na Globo: "Comecei a doar meu salário"

Após encerrar seu contrato com a Globo em 2021, Reynaldo Gianecchini passou a se posicionar politicamente e afirmou que finalmente entendeu que vivia em uma bolha de privilégio. O ator explicou que passou a doar seu salário para causas nas quais acredita, e se posicionou publicamente contra o governo do presidente Jair Messias Bolsonaro (PL).

"Sou privilegiado, não tive problemas financeiros e percebi que eu era desconectado da realidade. Comecei a doar meu salário, ser mais empático, e aprendi sobre política e racismo. Na Globo a regra era não falar de política, mas tive que me posicionar porque o governo de Bolsonaro é inegavelmente uma tragédia", disparou ele, em entrevista à "Veja".

Filho de professores, Gianecchini afirmou que ficou desolado ao ver vários setores da sociedade sem apoio do governo. "Áreas fundamentais para o crescimento de uma nação estão jogadas às traças. Sou filho de professores, uma profissão que amo, e me dói ver como a educação no país está, isso sem falar do setor cultural".

Sobre finalmente aprender sobre racismo, o ator explicou que parou de aceitar trabalhos em elencos majoritariamente brancos. "Para mudar, precisamos ser chatos. Se 60% da população é negra, então todos os elencos precisam ter, no mínimo, 60% de negros. Não trabalho em projetos que não tenham elenco diverso".

Críticas a influenciadores digitais

Reynaldo Gianecchini conversou com Gabriela Prioli no programa "À Prioli", na CNN Brasil, e criticou influenciadores digitais que querem conseguir fama sem esforço.

"Tudo bem ganhar dinheiro com o Tik Tok, que legal, mas também não podem só querer ganhar dinheiro rápido, ser famoso e esquecer que tem outras profissões incríveis, que você pode estudar. A sensação que eu tenho é que ninguém quer estudar", afirmou.

O ator opinou que muitos jovens não estão preocupados em conhecer a cultura brasileira para exercer um comportamento mais crítico e politizado. "Não conhecem um artista, não estão entendendo quem é Caetano Veloso, também não pode. Querem essa coisa de ser blogueirinho, e não querem aprofundar nas coisas. É isso que acho que tem que tomar cuidado'.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos