Geri Horner está devastada 'após morte repentina de irmão’

·1 min de leitura
Geri Horner credit:Bang Showbiz
Geri Horner credit:Bang Showbiz

Geri Horner está "devastada" após a morte repentina de seu irmão Max Halliwell.

A estrela do grupo Spice Girls, de 49 anos, era considerada "incrivelmente próxima" de seu irmão Max, de 54 anos, que teria morrido na UTI depois de um colapso repentino em casa.

Uma fonte disse ao ‘The Sun’: "Esta é a notícia mais terrível, devastadora e de partir o coração e Geri está totalmente arrasada. Tem sido um período terrivelmente traumático desde o momento em que ela soube que Max tinha sido levado para o hospital, e o pior resultado que todos próximos à família esperavam que não. Eles estão todos se unindo, mas ela mal sabe o que dizer ou pensar agora - ela o amava profundamente.”

A polícia confirmou que Max - que trabalhava para uma empresa de tecnologia - foi levado ao hospital depois de ser encontrado em casa.

Em um comunicado, a Polícia de Hertfordshire disse: "A polícia foi chamada às 9h40 da quarta-feira, 17 de novembro, para relatar a preocupação com o bem-estar de um homem em uma propriedade residencial em Berkhamsted. Oficiais, junto com o Serviço de Ambulâncias do Leste da Inglaterra, compareceram ao local. O homem foi localizado e levado ao hospital para tratamento, onde infelizmente morreu mais tarde. Sua morte está sendo tratada como não suspeita e será encaminhada ao legista."

Um porta-voz de Geri - que alcançou a fama como Ginger Spice no grupo feminino dos anos 90 e agora é casada com o chefe da Fórmula 1, Christian Horner - pediu a privacidade da estrela.

Eles disseram: "Como você pode imaginar, este é um momento difícil e pedimos que respeite a privacidade da família neste momento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos