Gerard Butler participa de cerimônia da tocha olímpica antes do evento ser cancelado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Gerard Butler, 50, carregou a tradicional tocha olímpica em Esparta, na Grécia, nesta sexta-feira (13). O evento organizado pelo HOC (Comitê Olímpico Helênico) é uma preparação que acontece em todas as olimpíadas, em que a tocha percorre diversos países até a cerimônia de abertura.

Mas neste ano, devido a pandemia do novo coronavírus (a Covid-19), o percurso da tocha precisou ser cancelado. Durante o evento, o Comitê Olímpico disse: "Apesar das fortes recomendações do público para não se concentrar na cerimônia nas cidades que atravessam chamas, o HOC tomou a decisão difícil, mas necessária, de cancelar o restante do programa em solo grego."

"A decisão foi tomada em consulta com o Ministério da Saúde e o Comitê Olímpico Internacional com um profundo senso de responsabilidade, pois a saúde pública é o bem final e, nesses tempos difíceis, uma atitude razoável é imposta por todos os lados", completou a declaração.

Butler foi convidado pela cidade para fazer isso como parte das comemorações do aniversário da Batalha das Termópilas, em 480 aC. Nas telinhas, o ator já representou o heróico rei espartano Leonidas no filme "300", de 2006.

As Olimpíadas de 2020 que serão realizadas em Tóquio, no Japão, nos dias 24 de julho a 9 de agosto, não foram canceladas. Esta será a 32ª edição dos Jogos Olímpicos de Verão.

A pandemia de coronavírus cancelou ou adiou dezenas de eventos esportivos nos seis continentes, mas os organizadores do Tóquio 2020 insistem que ainda estão planejando que os Jogos ocorram conforme o planejado.