George Segal, de "Um Toque de Classe", morre aos 87 anos

Patricia Reaney
·1 minuto de leitura
Ator George Segal em Nova York

Por Patricia Reaney

(Reuters) - George Segal, ator indicado ao Oscar que enfrentou Richard Burton em "Quem Tem Medo de Virginia Woolf", cortejou Glenda Jackson em "Um Toque de Classe" e provocou risadas com a série cômica "The Goldbergs", morreu aos 87 anos.

"A família está arrasada por anunciar que, hoje de manhã, George Segal faleceu devido a complicações de uma operação de ponte de safena", disse sua esposa, Sonia Segal, em um comunicado na terça-feira.

Charmoso e espirituoso, Segal brilhou em papéis dramáticos e cômicos, e mais recentemente viveu o viúvo descontraído Albert "Pops" Solomon de "The Goldbergs".

"Hoje perdemos uma lenda", tuitou Adam F. Goldberg, o criador da sitcom baseada em sua própria vida, ainda na terça-feira.

Abe Hoch, empresário de longa data de Segal, disse em um comunicado que sentirá falta de seu "calor, humor, camaradagem e amizade. Ele foi um humano maravilhoso".

"Sempre tento encontrar o humor e a ironia em qualquer personagem que esteja interpretando, porque penso em mim mesmo como um ator de comédia", disse Segal em uma entrevista ao jornal virtual de cinema filmtalk.org em 2016. "Isto torna o drama muito mais divertido para mim por não levá-lo tão a sério, sabe?"

Ele atribuiu uma participação precoce no talk show de fim de noite "The Tonight Show with Johnny Carson" à sua migração para papéis cômicos.

Segal disse que não cogitava se aposentar porque as pessoas continuavam lhe oferecendo papéis interessantes.

(Reportagem adicional de Jill Serjeant)