Gêmeos idênticos passam juntos por transição de gênero

Gêmeos passam juntos por transição – Reprodução/Youtube

Não é nada fácil para um transgênero entender o que se passa em sua cabeça ao notar que está preso em um corpo errado. E quando se trata de irmãos gêmeos, isso é a prova maior de que não podemos ir contra à natureza dessas pessoas.

Leia mais: Homem trans compartilha o incrível antes e depois da transição nas redes sociais

Como é o caso dos irmãos que nasceram Jaclyn e Jennifer. Eles nasceram em Baltimore, nos Estados Unidos, no ano de 1995 e viveram como meninas até 2013, quando começaram a entender o que se passava com eles.

Assim como acontece com a maioria dos transgêneros, a aceitação para eles não foi nada fácil. Eles dizem que costumavam ir para a cama chorando todas as noites desejando que acordassem meninos.

“A primeira vez que sentimos que éramos garotos, não garotas, foi com seis anos e nós nem sabíamos o que era transgênero até quando tínhamos 16”, diz os irmãos. Aos 18 anos, eles finalmente passaram a se identificar como homens e a transição hormonal começou aos 21.

Aos 23, eles realizaram a cirurgia de retirada das mamas e agora finalmente se tornaram Jack e Jace Grafe. Eles dizem que se sentem felizes consigo mesmo como nunca e que querem compartilhar sua história para ajudar outras pessoas.

Gêmeos passam juntos por transição – Reprodução/Youtube

Leia mais: Homem trans escreve carta emocionante para si próprio quando ainda era mulher

“Esse processo definitivamente tem sido uma experiência interessante e muito confusa. Mas esperamos que isso traga uma luz sobre o que significa ser um transgênero”. Mesmo não sendo fácil, Jack e Jace dizem que o fato de serem gêmeos ajudou o processo, já que foi muito melhor ter alguém lado a lado para passar por tudo isso sem estar sozinho.

Gêmeos passam juntos por transição – Reprodução/Youtube