Gavin MacLeod, estrela de 'Mary Tyler Moore', morre aos 90 anos

·3 minuto de leitura

Por Will Dunham

WASHINGTON (Reuters) - O ator Gavin MacLeod, que interpretou um perspicaz redator de notícias no clássico sitcom norte-americano dos anos 1970 "The Mary Tyler Moore Show" e o hospitaleiro capitão de navio em "O Barco do Amor", morreu no sábado aos 90 anos.

Seu sobrinho, Mark See, confirmou sua morte à Variety. A causa da morte não foi informada, disse ele, mas a saúde de MacLeod havia piorado nos últimos meses.

MacLeod interpretou muitos vilões na TV antes de ser escalado para o papel cômico de Murray Slaughter em "The Mary Tyler Moore Show", que foi exibido na emissora americana CBS entre 1970 e 1977 e foi um dos programas mais respeitados da década, ganhando 29 prêmios Emmy.

Depois de "The Mary Tyler Moore Show", MacLeod foi contratado para fazer o papel do Capitão Merrill Stubing, o protagonista do seriado "O Barco do Amor", da ABC, que durou 10 temporadas, entre 1977 e 1987.

A série, que apresentava convidados em cada episódio como passageiros em busca de romance a bordo de um navio de cruzeiro, não era uma das favoritas dos críticos - um resenhista do New York Times certa vez a chamou de "um mingau terrível" -, mas era divertida e popular entre os telespectadores.

"Lembro-me de críticos de TV dizendo, 'Como você pôde fazer isso?'" MacLeod disse ao Entertainment Weekly em 1997, referindo-se à saída do "The Mary Tyler Moore Show" para estrelar "O Barco do Amor". "Mas eu adorei. Eu disse: 'Isso vai tirar os fardos das pessoas na vida cotidiana. Vai dar a elas algo com o que sonhar.'"

MacLeod também teve um papel regular na comédia com pano de fundo da Segunda Guerra Mundial "McHale's Navy", no ar entre 1962 a 1964, mas frequentemente interpretou bandidos como um personagem chamado Big Chicken no drama policial "Hawaii Five-O".

Ele apareceu em papéis coadjuvantes em vários filmes importantes, incluindo "Os Guerreiros Pilantras" (1970), com Clint Eastwood e Telly Savalas, e "Anáguas a Bordo" (1959), com Cary Grant e Tony Curtis.

Ele nasceu com o nome de Allan See em 28 de fevereiro de 1931, em Mount Kisco, Nova York. Para sua carreira no show business, mudou seu primeiro nome para Gavin porque gostava e seu sobrenome para MacLeod como homenagem a um professor de atuação na faculdade.

"Eu era um jovem garoto careca, então só interpretava cafetões, pervertidos, espancadores de mulheres e molestadores de crianças", disse MacLeod à revista People em 1978.

Isso mudou para sempre depois que ele foi escalado para "The Mary Tyler Moore Show" como redator de uma estação de TV fictícia de Minneapolis, juntando-se a um elenco talentoso que incluía Ed Asner, Ted Knight, Betty White, Valerie Harper e Cloris Leachman.

Alguns dos melhores momentos de seu personagem vieram interagindo com o âncora bufão interpretado por Ted Knight, Ted Baxter, e com a ácida e faminta Sue Ann Nivens, que raramente deixava passar uma oportunidade para comentar sobre a calvície de Murray Slaughter.

Em "O Barco do Amor", ele encabeçou um elenco que incluía Fred Grandy, que mais tarde foi congressista nos EUA, Bernie Kopell, Ted Lange, Lauren Tewes e Jill Whelan. No papel do capitão Stubing, ele usava um chapéu branco e roupas brancas de capitão, muitas vezes com shorts brancos nada lisonjeiros.

MacLeod lutou contra o alcoolismo durante sua carreira e se tornou um cristão devoto, estrelando o filme religioso "As Histórias de Jonathan Sperry" em 2009.

Ele teve quatro filhos do primeiro casamento, que acabou em divórcio, e três enteados do segundo casamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos