Ganhadoras do Oscar Emma Stone e Emma Thompson se enfrentam em "Cruella"

·1 minuto de leitura
Evento de lançamento do filme "Cruella" em Los Angeles

Por Hanna Rantala

LONDRES (Reuters) - Ganhadoras do Oscar, Emma Stone e Emma Thompson disputam o título de mulher mais cruel e bem-vestida do mundo no novo filme "Cruella", da Disney.

História da origem da vilã Cruella de Vil, de "Os 101 Dálmatas", o filme descreve como um encontro casual com a celebrada estilista de alta costura A Baronesa (Thompson) enlouquece a órfã obcecada por moda Estella (Stone) e a transforma na famosa malvada monocromática.

Transposto para a Londres do movimento punk dos anos 1970, "Cruella" mostra a jovem ousada usando a moda como arma contra a tradicional Baronesa. A estilista Jenny Beavan criou 47 looks para Stone e 33 para Thompson.

"Estar com Emma T e interpretar estas duas mulheres que disputam intensamente e estão no topo do que fazem – elas são tão boas no que fazem e tão más no fundo – foi uma coisa realmente deliciosa", disse Stone à Reuters.

O diretor Craig Gillespie descreveu assistir as duas atrizes se enfrentando em ação como "um deleite".

"Toda vez em que elas estavam juntas em uma cena era um dia divertido, prazeroso, só os gracejos e o ritmo que elas tinham uma com a outra", disse o cineasta australiano.

O filme, a ser lançado nos cinemas e no canal Disney+ no dia 28 de maio, foi gravado na Inglaterra ao longo de 65 dias, com várias cenas de gala em grandes sets e de 300 a 400 extras devidamente trajados.

Gillespie, que dirigiu "Eu, Tonya", disse esperar que o "turbilhão total" da filmagem tenha se traduzido em um filme de ritmo veloz, enérgico e divertido.

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))

REUTERS PF

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos