Ganhadora de Oscar, atriz Olympia Dukakis morre aos 89 anos

·2 minuto de leitura
A atriz Olympia Dukakis em foto de 2019

A atriz Olympia Dukakis, ganhadora do Oscar pelo papel de uma mãe dominadora na comédia romântica "Feitiço da Lua", morreu neste sábado (1) aos 89 anos.

O falecimento desta veterana do teatro, que abriu caminho no cinema tarde em sua carreira, foi confirmada na conta privada de seu irmão, Apollo, no Facebook.

“Minha amada irmã, Olympia Dukakis, faleceu esta manhã na cidade de Nova York", escreveu ele. "Após vários meses enfrentando problemas de saúde, ela finalmente está em paz, ao lado de seu [marido] Louis [Zorich]".

A causa da morte não foi imediatamente informada.

Dukakis ganhou o Oscar de atriz coadjuvante por seu trabalho em "Feitiço da Lua" (1987) no papel da mãe desdenhosa de uma jovem viúva interpretada por Cher. O papel também rendeu a Dukakis um Globo de Ouro e uma indicação ao BAFTA, prêmio do cinema britânico.

"A parte divertida é que as pessoas passam por mim na rua e gritam falas dos meus filmes: de 'Feitiço da Lua', eles dizem, 'Sua vida vai descer pelo ralo'", disse Dukakis ao Los Angeles Times em 1991. "É realmente divertido", completou.

Dukakis também foi aclamada pelo papel da fofoqueira de um salão de cabeleireiro em uma pequena cidade da Louisiana em "Flores de Aço" (1989), no qual atuou ao lado de Julia Roberts, Shirley MacLaine, Sally Field e Daryl Hannah.

Já com o Oscar, em 1988, Dukakis se tornou um nome conhecido nos Estados Unidos por causa do prêmio e também porque seu primo, Michael Dukakis, obteve a indicação do Partido Democrata à Presidência.

Ela fez menção a ele em seu discurso de aceitação do Oscar, exclamando, "OK, Michael, vamos lá", ao concluir sua fala com a estatueta na mão.

Michael Dukakis acabou perdendo as eleições para o republicano George H.W. Bush, mas tanto ela quanto o primo permaneceram ativos na política.

Olympia Dukakis deixa filha e dois filhos que teve com Zorich, falecido em 2018.

dw/st/mvv