'Game of Thrones': criticada por fãs, temporada final bate recorde de indicações ao Emmy

(Imagem: divulgação HBO)

Se a temporada final de ‘Game of Thrones’ dividiu o público, os votantes do Emmy estão do lado daqueles que gostaram muito de como tudo terminou. O oitavo ano da série rendeu ao épico da HBO nada menos do que 32 indicações ao prêmio mais importante da TV, número que faz dela a recordista de nomeações para uma só temporada.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

O caso de amor entre ‘Game of Thrones’ e o Emmy é antigo. Desde que a série estreou, já são um total de 161 indicações ao prêmio, com 47 vitórias - outro recorde. Nenhuma outra série de drama ou comédia foi tão celebrada na história da Academia de Artes e Ciências Televisivas, responsável por entregar os troféus.

Leia também:

A despedida tocou fundo o coração dos votantes, que parecem dispostos a ampliar um pouco mais a hegemonia e coroar oficialmente a última temporada, numa resposta a quem torceu o nariz para o desfecho.

Enquanto houve quem fez abaixo-assinado para que a HBO escrevesse novamente o episódio final, o Emmy vai na direção oposta: o capítulo derradeiro, ‘The Iron Throne’, concorre na categoria de melhor roteiro.

O elenco, então, está em festa. A série conquistou nada menos do que dez nomeações nas categorias de atuação. Entre as atrizes coadjuvantes de série dramática, por exemplo, quatro das seis indicadas vieram de Westeros: Gwendoline Christie (pelo papel de Brienne), Lena Headey (Cersei), Sophie Turner (Sansa) e Maisie Williams (Arya).

Entre os atores coadjuvantes, ‘Game of Thrones’ tem três dos sete concorrentes: Alfie Allen (Theon), Nikolaj Coster-Waldau (Jaime), Peter Dinklage (que já ganhou três vezes o Emmy pelo seu desempenho como Tyrion).

Será que ele vai comemorar novamente?

Espinafrados por parte do público, Kit Harington (Jon Snow) e Emilia Clarke (Daenerys) também foram indicados a melhor ator e melhor atriz em drama, respectivamente. Sobrou até para Carice van Houten, que com a rápida aparição como Melisandre na temporada final ainda garantiu uma vaga entre as indicadas a melhor atriz convidada.

Como ‘Game of Thrones’ é uma superprodução, também marca presença nas categorias técnicas, como figurino, maquiagem, trilha sonora original, edição de som, coordenação de dublês e efeitos visuais.

E, claro, está no páreo para o prêmio mais cobiçado na noite, a de melhor série dramática, na qual luta pelo tetracampeonato. Se conseguir, empata com ‘Hill Street Blues’, ‘L.A, Law’, ‘The West Wing’ e ‘Mad Men’ como a maior vencedora da categoria.

Resta saber o que vai ter mais peso no futuro quando alguém for lembrar do final de ‘Game of Thrones’: sua provável consagração no Emmy ou a memória daquele domingo à noite em que muita gente foi às redes sociais reclamar de sua decepção com o último episódio.