Justiça bloqueia R$ 1,6 milhão de Galvão Bueno por dívidas

·1 minuto de leitura
Galvão Bueno tem conta bloqueada por dívida (reprodução / instagram @galvaobueno)
Galvão Bueno tem conta bloqueada por dívida (reprodução / instagram @galvaobueno)

Dias antes da estreia das Olimpíadas Tóquio 2020, Galvão Bueno já tem uma dor de cabeça. O comentarista esportivo teve uma derrota na Justiça de São Paulo que bloqueou suas contas bancárias da família para o pagamento de uma dívida.

O juiz Rodrigo Galvão Medina, da 9ª Vara Cível, bloqueou a conta do locutor, da mulher, Desirée Soares, e da filha do casal, Letícia Galvão, para o pagamento de uma dívida de cerca de R$ 1,6 milhão a Lest Credit Fundo de Investimento. Foi processada a empresa Virtual Promoções e Participações, que pertence à família.

Leia também:

O motivo do processo foi um empréstimo realizado em 2017, que deveria ter sido pago em 31 parcelas, e não foi pago. Em maio deste ano a empresa dos Bueno reconheceu a dívida e foi firmado um acordo de quitação, que também não foi integralmente cumprido. As informações são da colunista Fábia Oliveira, de ‘O Dia’.

Infelizmente o valor ainda não poderá ser 100% quitado já que na conta de Galvão só havia R$ 1.401,17 e na de Desirée cerca de R$ 90 mil. A defesa da empresa Virtual Promoções e Participações pediu a suspensão da decisão alegando que os valores na conta são impenhoráveis já que são salários necessários para o “sustento da família”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos