Galvão Bueno x Roberto Carlos: ex-lateral fala em "mentiraiada" e cutuca narrador da Globo

Em entrevista à Fox Sports Rádio, o ex-lateral Roberto Carlos relembrou a rixa que teve com o narrador Galvão Bueno após a derrota da seleção brasileira para a França, nas quartas de final da Copa do Mundo de 2006.

Na ocasião, o Galvão criticou o ex-jogador por estar arrumando o meião quando durante a jogada que resultou no gol da vitória dos franceses, marcado por Thierry Henry, que significou a eliminação do então campeão Brasil naquela edição.

Ao ser perguntado se se chateava com o episódio, Roberto Carlos respondeu alfinetando o narrador: "Depois que eu falar com o Galvão, eu te respondo. Não, e nem vou falar nada porque, primeiro, que ele não estava no vestiário, segundo, que ele não sabe da preleção, terceiro, que ele não sabe meu posicionamento no campo, quarto, que ele não vai criticar os que são amigos dele. Mas esquece isso. É uma mentiraiada danada", afirmou.

Na entrevista ele ainda disse que Galvão não era o seu treinador na época e, por isso, "inventou uma história do jeito dele". O ex-lateral, hoje embaixador do Real Madrid, terminou dizendo que um dia vai falar com o narrador sobre a história pessoalmente.

Após a derrota brasileira, Roberto Carlos, campeão do Mundo em 2002, nunca mais vestiu a camisa da seleção brasileira. Ele deixou o Santiago Bernabéu em 2007, antes de vestir as cores de Fenerbahçe, Corinthians e Anzhi Makhachkala, onde encerrou sua carreira.