Gafes, surpresas e militância: tudo que rolou no ‘Troféu Domingão 2019’

Foto: Reprodução/Globo

‘Troféu Domingão 2019’ foi marcado por reviravoltas, discursos de militância e gafes no palco do Faustão. Muitos artistas que o público esperava que sairiam vencedores não foram premiados neste domingo (18). Outros chamaram atenção pelos discursos em defesa da cultura. Fausto Silva, que estava todo elegante para apresentar a atração, pagou alguns micos após problemas técnicos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A categoria que mais repercutiu nas redes sociais foi a de Melhor Atriz Coadjuvante, que teve Agatha Moreira, Paolla Oliveira e Fabiúla Nascimento como concorrentes. Agatha e Paolla, intérpretes de Josiane e Vivi Guedes em ‘A Dona do Pedaço’, têm um fã-clube forte e não esperavam a vitória da atriz de ‘Bom Sucesso’. A reação de Paolla Oliveira virou meme nas redes sociais.

Para completar o climão, o público não esqueceu da vez em que Paolla Oliveira venceu Juliana Paes na categoria Melhor Atriz após ‘A Força do Querer’ (2017). Na época, a intérprete de Bibi Perigosa confessou que se frustrou, pois achou que levaria o prêmio. Neste domingo (15), porém, Ju Paes discursou pelo fim da competição entre as mulheres e até chorou ao lado do Faustão. O público, é claro, não deixou passar batido e lembrou que o clima de competição foi aflorado por ela.

Leia também:

Discursos emocionados já são comuns em premiações, mas os internautas notaram o fato de todos os artistas falarem sobre a importância de resistir no ‘Troféu Domingão 2019’. Entre os discursos mais fortes esteve o de Maria Júlia Coutinho, que levou a melhor contra Sandra Annenberg e Renata Vasconcelos. Ela lembrou todo o preconceito que já enfrentou para estar ali e disse que não é fácil exercer sua função em um período em que os governantes “flertam com o autoritarismo e têm atitudes antidemocráticas”.

O ator Júlio Andrade, que levou a estatueta por seu trabalho em ‘Sob Pressão’, também falou sobre a história que o Brasil está escrevendo. Ele disse que os artistas não vão deixar de resistir em um período tão difícil para a arte e cultura. Jesuíta Barbosa, que venceu como Melhor Ator de Novela, falou que os trabalhadores da cultura estão sendo muito atacados e as pessoas deveriam lembrar o quanto “a arte é necessária para a educação e informação de um povo”.

Como em todo programa ao vivo, o ‘Troféu Domingão’ também teve suas gafes. Faustão precisou cortar uma apresentação de Dilsinho no meio por conta de um problema no microfone. O programa teve um longo intervalo comercial para a produção resolver o embaraço. No fim da atração, outra gafe aconteceu envolvendo o apresentador do dominical. Faustão foi cortado enquanto agradecia ao público e a Globo não exibiu a homenagem que faz todo ano aos artistas que morreram.

Confira os vencedores:

  • Personagem Do Ano
    Alberto (Antonio Fagundes – Bom Sucesso)
    Lidiane (Claudia Raia – Verão 90)
    Olavo (Tony Ramos – O Sétimo Guardião)

  • Atriz De Novela
    Juliana Paes

  • Ator De Novela
    Jesuíta Barbosa

  • Ator/Atriz Mirim
    João Bravo

  • Atriz Revelação
    Glamour Garcia

  • Melhor Cantor
    Luan Santana

  • Ator De Série
    Julio Andrade

  • Ator Revelação
    Kaysar Dadour

  • Atriz De Série
    Adriana Esteves

  • Ator Coadjuvante
    Sergio Guizé

  • Cantora
    Marília Mendonça

  • Jornalismo
    Maju Coutinho

  • Comédia
    Dani Calabresa

  • Atriz Coadjuvante
    Fabiula Nascimento

  • Música Do Ano
    ‘Atrasadinha’ (Felipe Araújo com participação de Ferrugem)