Estrela de "A Usurpadora", Gaby Spanic acusa ex-cunhado de tentativa de assassinato

Estrela de
Estrela de "A Usurpadora", Gaby Spanic acusa ex-cunhado de tentativa de assassinato (Foto: Reprodução/Televisa)

As atrizes e irmãs gêmeas Daniela e Gabriela Spanic, a segunda mais conhecida como Gaby Spanic, responsável por viver a vilã Paola Bracho na novela de sucesso "A Usurpadora", acusam o ex-marido de Daniella, Ademar Nahum, de tentativa de assassinato.

Em suas redes sociais, as irmãs disseram que estão sendo vítimas de "ridicularização" e "difamação" por apontarem Nahum como o mandante de uma tentativa de homicídio contra Daniela em outubro, quando a atriz deixava uma audiência de divórcio e foi alvo de tiros, sendo atingida na cabeça:

"Querida mídia: em decorrência do atentado contra a atriz e apresentadora Daniela Spanic, as gêmeas Daniela e Gabriela Spanic têm sido alvo de ridicularização, difamação e comentários que minimizam a situação que a família vive. É por isso que amanhã a família Spanic Utrera oferecerá uma entrevista coletiva para esclarecer de uma vez por todas os fios soltos e o que está sendo dito sobre eles", diz o texto divulgado.

Em depoimentos anteriores, Gaby já havia afirmado que acreditava que o ex-cunhado era responsável pela tentativa de feminício da ex-mulher: "É uma tentativa de homicídio. Não vão me convencer que estou inventando isso, [como] quando disseram quando fomos envenenadas. Minha irmã e eu temos sido perseguidas", declarou a atriz.

O caso mencionado pela estrela de "A Usurpadora" aconteceu em 2010. Tanto Gabriela quanto a irmã e a mãe das duas, além do filho de um ano e meio da eterna Paola Bracho, foram envenenados por uma assistente, que acabou presa por dois anos pela tentativa de homicídio.