Gabriela Pugliesi rebate críticas por agradecimento ao coronavírus: "Tentando ser positiva"

Gabriela Pugliesi. Foto: reprodução/Instagram/gabrielapugliesi

Uma das primeiras celebridades brasileiras confirmadas com covid-19, Gabriela Pugliesi se viu no meio de uma polêmica nos últimos dias por conta de sua postura em relação à doença. A influenciadora foi bastante criticada na internet por ter feito um “agradecimento” ao coronavírus, em meio a uma crise sanitária global, que vem provocando milhares de mortes em todo o mundo. Foi o suficiente para os internautas se enfurecerem com a “alienação” e a “romantização” da blogueira.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Após a repercussão negativa, a publicação que continha a legenda “Seja grato. Fique atento. As coisas nunca mais serão as mesmas” foi apagada.

Leia também:

“Não foi o casamento da irmã da Pugliesi que infectou uma penca de gente? Ela deveria estar fazendo doações e não postando essas positividades falsas”, apontou uma internauta, que compartilhou uma comparação das declarações da influenciadora com a crítica social do filme “Parasita”, vencedor de Melhor Filme no Oscar 2020.

Outro usuário do Twitter rebateu a publicação “good vibes” diante da crise que desafia cientistas e precariza a vida de países inteiros atualmente: “Gabriela Pugliesi falando em ‘lado bom’ e ‘gratidão’ ao vírus, mermão. Gratidão é o c******. A incapacidade de enxergar além da própria realidade é um dos grandes defeitos do ser humano”.

Depois de excluir o vídeo que gerou a discórdia, Pugliesi gravou um depoimento nos Stories tentando se justificar, mas reafirmou seu ponto de vista. Ela afirmou que posta “coisas sem pensar” e que procura não ler críticas para “poupar sua energia”.

“Tento ver que toda tragédia, toda fase ruim, independente de ser na minha vida ou não, é um aprendizado. Compartilho o que eu acredito, e a forma como eu vivo, eu sei que nunca vai agradar todo mundo”, disse.

A blogueira contou que quer tirar lições da situação atual. “Quero que as pessoas tenham esperança e acreditem que vai passar. Tem coisas boas sempre, tem uma ‘faisquinha’ de coisa boa pra gente se apegar, alimentar e fazer crescer dentro da gente. Viver assim me dá esperança. Não tô feliz com nada disso, não tô vibrando. Tô, dentro da circunstância que estamos vivendo, tentando ser o mais positiva que eu posso”, argumentou.

No entanto, as críticas à sua postura continuam circulando nas redes.