Gabriela Duarte sofre ataques após entrevista da mãe e ganha apoio de colegas

Gabriela Duarte. Foto: reprodução/Instagram/gabidu

A polêmica entrevista de Regina Duarte à CNN Brasil esta semana rendeu críticas até para sua filha, a atriz Gabriela Duarte. No Instagram da intérprete, seguidores dispararam ataques por conta da entrevista da secretária especial de Cultura, que minimizou mortes e torturas durante a ditadura militar. No entanto, amigos da classe artística saíram em defesa da colega.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Amada, desculpa me intrometer, mas não seria o caso de interditar sua mãe?”, provocou uma seguidora. “Eu teria vergonha, muita vergonha de ter uma mãe como a sua! Chocada”, comentou outra. “Camisa de força é pouco pra ela”, afirmou uma terceira.

Leia também:

Gabriela, no entanto, recebeu a solidariedade de colegas como Dira Paes, que escreveu: “Gabi, você sempre terá o nosso acolhimento. Força!”. A atriz Samara Felippo também manifestou seu apoio: “Gabi, todo meu carinho”.

Os atores Marcelo Faria, Renata Castro e Eriberto Leão e o maquiador Ale de Souza reforçaram o grupo de famosos que se colocaram publicamente ao lado da atriz diante do assédio virtual.

“Queria saber qual a diferença das palavras da mãe e vocês virem aqui assediar a filha dela. Seres humanos melhores? Não!”, criticou um seguidor anônimo.

A entrevista, exibida na última quinta-feira (7), foi interrompida bruscamente por Regina após a exibição de um trecho gravado por Maitê Proença cobrando uma atitude da secretaria de Cultura para socorrer a classe artística durante a pandemia do coronavírus. Na ocasião, ela também justificou a ausência de homenagens a nomes importantes da cultura que morreram recentemente, afirmando que não queria transformar a pasta em um “obituário”.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários