Para viver viciada em cocaína, Gabi Lopes precisou inalar soro fisiológico em pó

Maria Flor, Gabi Lopes, Eriberto Leão e Luana Piovani em
Maria Flor, Gabi Lopes, Eriberto Leão e Luana Piovani em "Maior que O Mundo". Foto: Divulgação/Imagem Filmes

Resumo da notícia:

  • Gabi Lopes estrela novo filme com Eriberto Leão, Luana Piovani e Maria Flor

  • Em entrevista ao Yahoo, atriz contou bastidores do papel de uma dependente química

  • "Maior que O Mundo" chega aos cinemas no próximo dia 18 de agosto

Após viver a namorada de Christian Cravinhos nos filmes do Caso Von Richthofen, Gabi Lopes volta às telonas em "Maior que O Mundo", longa estrelado por Eriberto Leão e Luana Piovani, alguns anos após as gravações da trama dirigida por Roberto Marquez. Em entrevista ao Yahoo, a atriz detalhou a experiência de interpretar Audra, uma jovem viciada em cocaína, que sofre as consequências da dependência química.

Embora tenha encarnado uma personalidade contrária ao seu comportamento fora das câmeras, Gabi destaca a identificação com a personagem pela vulnerabilidade da juventude. "Assim que recebi o roteiro, já fui correndo para ler e, naturalmente, fui me identificando com a personagem e a história na hora. Eu já tinha trabalhado com a Luana e trabalhar novamente com ela e o Eriberto seria incrível", afirma.

Inclusive, voltar a gravar com Eriberto e Luana foi uma experiência que trouxe ainda mais confiança para a atriz embarcar na trama. Vale lembrar que Gabi viveu uma lutadora de Muay Thai na "Malhação" de 2014, quando Eriberto interpretou o mestre Gael. Já com Luana Piovani, a atriz atuou na comédia "A Mulher do Meu Marido", de 2019.

Reencontrar duas pessoas que me ajudaram muito com conselhos profissionais, e são duas inspirações pra mim, foi muito importante para me trazer segurança para esse papel"Gabi Lopes sobre Eriberto Leão e Luana Piovani

"A Audra foi um presente, é um desafio na minha vida e ter por perto pessoas generosas e que eu já tinha uma certa intimidade, me tornou mais relaxada e confortável para fazer o meu trabalho", completa ela, que já havia revelado a existência de uma cena de ménage entre os três no novo filme, o que foi seu primeiro "sexo" a três da vida.

Luana Piovani, Gabi Lopes e Eriberto Leão em
Luana Piovani, Gabi Lopes e Eriberto Leão em "Maior que O Mundo". Foto: Divulgação/Imagem Filmes

Amizade com Luana Piovani

Gabi Lopes não esconde a admiração por Luana Piovani e o quanto foi importante atuar com a veterana das telas novamente. Ela destaca como a dupla construiu uma relação forte de amizade no primeiro longa em que contracenaram ao defini-la como uma das pessoas mais generosas que já conheceu na Terra.

"Ela me ajudou tanto no primeiro filme que trabalhamos juntas, como mãe e filha, que acho que essa relação se estendeu. Várias vezes quando estou precisando, peço ajuda para ela, conselho e ela super me acalma e me direciona. Temos uma relação de amizade, que transcendeu o trabalho e eu sempre falo isso para ela", declara.

Desafio em interpretar viciada em cocaína

Atuar sobre algo nunca vivido foi considerado o maior desafio da atriz ao estrelar "Maior que o Mundo" por conta do vício das drogas. No entanto, um detalhe específico marcou os bastidores da preparação de Gabi para as cenas de consumo de cocaína: inalar soro fisiológico em pó.

Meu nariz ardia tanto que eu achei que não ia conseguir fazer as cenas no filme, já que a minha personagem é viciada em cocaína"Gabi Lopes

"Mas no final deu tudo certo. Fizemos uma preparação bem intensa também em clínicas de reabilitação e deu para compreender mais sobre esse universo e trazer para o filme", relata.

Preparação para o filme

Questionada sobre algo curioso dos bastidores do longa, Gabi lembra o quanto precisou se esforçar para chegar ao físico desejado para a personagem. "Tive que emagrecer bastante para a personagem, lembro que na época perdi quase 10kg. E aí me matriculei em todos os esportes que eu já tinha praticado na vida e tudo ao mesmo tempo", revela ao ressaltar que o processo aconteceu de forma saudável, gradativa e com acompanhamento médico.

"Era engraçado o quanto de aula e curso que eu entrei para fazer esse filme. A personagem também tem muita energia repreendida e acho que o esporte me trouxe essa energização que eu precisava para as cenas também", completa.

"Maior que O Mundo"

Dirigido por Roberto Marquez, "Maior que O Mundo" chega aos cinemas no próximo dia 18 de agosto. A trama é centrada no escritor Kbeto, vivido por Eriberto Leão, que enfrenta uma crise de bloqueio criativo, e abastece sua vida com sexo, drogas e rock and roll na capital paulista até se apropriar do diário perdido do anão Altair e sofrer as consequências desse plágio. Confira o trailer:

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Em quem se inspira na carreira de atriz e por quê?

Eu me inspiro muito em atrizes produtoras, que constroem o seu próprio caminho emanando prosperidade. Amo o símbolo da Marilyn Monroe, além de disruptiva, intelectualizada, ela também tinha a Marilyn Monroe productions. Também me inspiro muito na Natalie Portman, outra atriz que tem a sua produtora e também o seu curso online. E muitas outras mulheres inteligentes e que são focadas na carreira.