Fundação de Gisele e Tom Brady doou menos de 0,1% para caridade, diz site

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Luz Foundation, instituição de caridade criada por Gisele Bündchen e Tom Brady, doou apenas US$ 640 mil (cerca de R$ 3,4 milhões), entre 2007 e 2019, segundo o New York Post. O valor corresponde a menos de 0,1% do patrimônio líquido do ex-casal, avaliado em US$ 770 milhões de dólares (cerca de R$ 4,17 bilhões).

Documentos públicos mostram que a instituição sem fins lucrativos, com sede no Condado de Nassau, fez doações pequenas desde a sua fundação. Em 2018, a Luz Foundation doou US$ 300 (cerca de R$ 1,6 mil) para apoiar o grupo ambiental Waterkeeper Nicoya Peninsula, da Costa Rica, onde o ex-casal possui uma casa à beira-mar.

No mesmo ano, a ONG doou US$ 900 (cerca de R$4,8 mil) para o World Wildlife Fund e US$ 1.000 (cerca de R$ 5,3 mil) para a Challenged Athletes Foundation, entidade que ajuda pessoas com deficiências físicas.

A maior parte das doações feitas pela entidade de Gisele e Brady foi para grupos de ioga e meditação. Em 2019, último ano que foram registradas doações, a Luz Foundation deu US$ 80 mil (cerca de R$ 428 mil) de seu orçamento de US$ 350.000 (cerca de R$ 1,8 milhão) para a Pointing Out the Great Way Foundation, com sede em Massachusetts, que promove a meditação indo-tibetana.

Em 2017, o grupo destinou US$ 25 mil (cerca de R$ 133 mil) para a Fundação David Lynch, em Nova York, que promove meditação e ioga nas escolas. A You Go Girl Yoga, um grupo de Waltham, Massachusetts, foi outra entidade beneficiada com US$ 25 mil (cerca de R$ 133 mil)

Gisele disse em 2007 que criou a fundação para fornecer bolsas de apoio a meninas. A instituição ganhou o direito de isenção de impostos três anos depois de sua criação. Anos depois, a modelo falou em entrevista ao Sydney Morning Herald, em 2015, que a sua vida era dedicada ao projeto de caridade.

A modelo afirmou na época que sabe que as pessoas pensam que ela é apenas uma garota que posa para fotos. "Mas, na minha cabeça, estou pensando o tempo todo: 'Ok, se eu aceitar este emprego, poderei ter mais dinheiro para investir neste [projeto]'. Então é isso que estou fazendo, porque é isso que Deus me deu para fazer, é o que posso fazer, certo?"

A fundação também tem em seu conselho de administração Peter Matton, que ajuda Brady com investimentos e empreendimentos. Mas com o fim do casamento da modelo com o jogador o futuro da Luz Foundation ainda é incerto.