Frota acusa Bolsonaro de contratar empresária para reclamar da quarentena

Presidente tem incentivado pessoas a voltarem às ruas (Foto: AP Photo/Andre Borges)

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) acusou o presidente Jair Bolsonaro de contratar uma empresária para reclamar da quarentena. A mulher aparece no vídeo publicado por Bolsonaro na última quinta-feira.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Na gravação, ela, que se intitula professora particular, diz que o povo quer brasileiro e que a quarentena “é para vagabundo”. “Venho pedir ao senhor por milhares de pessoas, porque a imprensa não ajuda a gente”, diz a mulher.

Segundo Frota, a pessoa que fala no vídeo é Fátima Montenegro e é uma empresária que vive m Brasília. O deputado afirma que foi uma pessoa colocada estrategicamente para criar comoção.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Nas redes sociais, Fátima Montenegro tem apoiado que a população de Brasília saia às ruas e faça carreatas. A orientação da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde é que as pessoas fiquem em casa para impedir a rápida proliferação do coronavírus.  

Leia também