Framboesa de Ouro tira garota de 12 anos das indicações de pior atriz

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Framboesa de Ouro, premiação dos piores do cinema do ano, retirou Ryan Kiera Armstrong, uma menina de 12 anos, das indicações à estatueta de pior atriz. A premiação revogou sua decisão depois de ser criticada nas redes sociais.

"Às vezes, você faz coisas sem pensar, e aí fazem você se dar conta disso. É por causa disso que o Framboesa de Ouro foi criado, aliás", diz a organização do prêmio numa nota divulgada à imprensa. No texto, a premiação afirma que foi insensível ao indicar a atriz mirim e pede desculpas a ela.

"Queremos pedir perdão por qualquer sofrimento que ela tenha passado por causa da nossa escolha", diz a nota.

A premiação afirmou também que agora vai adotar um guia de votação que impede qualquer menor de idade de ser indicado às suas estatuetas.

O ator Julian Hilliard, de "A Maldição da Residência Hill" e "WandaVision" usou seu perfil no Twitter para criticar o prêmio. "O Framboesa de Ouro sempre foi cruel e sem classe, mas indicar uma criança é repulsivo e errado. Por que colocar uma criança sob risco de sofrer bullying ou até coisa pior? Melhorem."

Armstrong foi indicada ao Framboesa de Ouro por causa da sua performance no filme "Chamas da Vingança", em que interpreta uma garota superpoderosa.