Fotógrafo Walter Firmo é o entrevistado da série Depoimentos Cariocas

O fotógrafo Walter Firmo é o quinto entrevistado da temporada 2022 da série Depoimentos Cariocas, do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, órgão vinculado à Secretaria de Governo e Integridade Pública da prefeitura carioca. A série foi criada com o objetivo de registrar as memórias e reflexões de cariocas sobre a cidade onde nasceram ou que adotaram para viver. A entrevista poderá ser vista pelo público hoje (17), a partir de 17h, no YouTube.

Conduzida pelo coordenador de Promoção Cultural do Arquivo Geral, Pedro Paulo Malta, a entrevista tem perguntas enviadas a Firmo por três convidados especiais: o fotógrafo e cronista Leo Aversa, o fotógrafo e antropólogo Milton Guran e a jornalista Cora Rónai, autora de um perfil sobre Firmo no projeto “Álbum de retratos”, publicado em 2005, pelas editoras Folha Seca e Memória Visual.

O secretário municipal de Governo e Integridade Pública, Tony Chalita, destaca, na apresentação do entrevistado, a habilidade com que Walter Firmo, “mais do que retratar imagens, retrata sentimento, retrata mensagem, retrata a boa cultura carioca”.

Carreira

Walter Firmo nasceu no dia 1º de junho de 1937, no bairro de Irajá, zona norte do Rio, e começou a carreira de fotógrafo no jornal Última Hora, em 1955, passando depois pelo Jornal do Brasil (JB) e pelas revistas Realidade, Manchete, Veja e IstoÉ.

Entre os vários prêmios conquistadas em sua carreira, destaque para o Prêmio Esso de Reportagem, em 1963, por fotografias e textos que fez para o JB, sobre a Amazônia, além de acumular uma série de primeiros lugares nos concursos internacionais promovidos pela Nikon.

Publicou livros e realizou exposições no Brasil e no exterior, consolidando-se como um dos grandes fotógrafos de seu tempo, com destaque para as imagens posadas que produziu, sempre com um olhar poético e social sobre os personagens retratados – fossem populares ou personalidades. Entre os fotografados por Firmo estão o artista visual Arthur Bispo do Rosário e ícones da música brasileira, como Dona Ivone Lara, Clementina de Jesus e Pixinguinha. Este último foi protagonista de sua foto mais conhecida: o músico sentado numa cadeira de balanço, no quintal de sua casa, empunhando o saxofone.

Esta e outras histórias de fotografias de Walter Firmo podem ser conhecidas durante sua participação nos Depoimentos Cariocas. No ano passado, a série realizou oito entrevistas.

Na temporada deste ano, já foram entrevistados o produtor, ator e escritor Haroldo Costa; a cantora e atriz Zezé Motta; o compositor João Roberto Kelly; e a escritora Marina Colasanti.

Todas as entrevistas realizadas em 2021 e 2022 podem ser conferidas no YouTube do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos