Razões pelas quais você deve trocar seus lençóis com mais frequência

Trocar os lençóis é algo que você deve fazer, pelo menos, a cada quinze dias. Foto: Getty

Se você não se lembra da última vez que trocou os lençóis, pare tudo e faça isso agora. Um novo estudo sugere que se você não está lavando seus lençóis pelo menos uma vez por mês (o ideal é uma vez por quinzena), pode estar dormindo junto com bactérias associadas a muitas doenças, como pneumonia, gonorreia e síndrome de Lemierre.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

O estudo da Time4Sleep acompanhou um participante dormindo com os mesmos lençóis durante um mês inteiro, e no fim de cada semana os pesquisadores obtinham amostras de partes da cama.

Leia também

Tirar os sapatos antes de entrar em casa evita doenças?

Flora intestinal pode ter efeito sobre a ansiedade

Ela passa sangue no rosto para aliviar cólica menstrual

Cada amostra foi, então, enviada ao Centro de Desenvolvimento em Biologia do laboratório da Universidade de Sevilha para ser analisada.

Quando os pesquisadores analisaram as bactérias encontradas, descobriram que eram provenientes da pele, cavidade oral e fezes humanas.

A sua cama pode conter diversos tipos de bactérias nojentas. Foto: Getty

Jonathan Warren, CEO da Time4Sleep, disse que vai passar a trocar seus lençóis pelo menos a cada quinze dias.

“Apesar do hábito amplamente aceito de que devemos trocar de roupa todos os dias, damos menos importância à frequência com que devemos trocar nossos lençóis,” disse ele. “Como quase 25% das pessoas esperam um mês para tal, decidimos descobrir o que esta decisão significa para a higiene de nossas camas”.

O estudo foi realizado após a divulgação de uma pesquisa recente que descobriu que quase um quarto (25%) dos britânicos só trocam seus lençóis a cada “três ou quatro semanas”.

O microbiologista Philip Tierno explicou que, quando estamos dormindo, a gravidade arrasta tudo para baixo, incluindo suor, saliva, fios de cabelo e células da pele, e tudo isso fica em nossos lençóis.

“O colchão se assemelha a um parque botânico,” disse Tierno ao New York Post, depois que uma pesquisa revelou que as pessoas trocam seus lençóis, em média, uma vez a cada 24 dias.

“O que acontece é que você movimenta este material quando se mexe, durante a noite na cama, e respira nesse material por oito horas, todas as noites. Por isso, pode acordar com o nariz obstruído ou com outros problemas”. Vou ali trocar meus lençóis e já volto.

Kristine Tarbert