"Foi parecido": James Cameron compara Avatar com a química de Leonardo DiCaprio e Kate Winslet em Titanic

Estamos acostumados a James Cameron nos contar grandes histórias de ficção científica, mas não podemos negar que o famoso cineasta também nos deu grandes histórias de amor que se tornaram um marco nos cinemas. Especificamente uma delas: o de Jack (Leonardo DiCaprio) e Rose (Kate Winslet) em Titanic, um romance que cativou e continua cativando milhões de telespectadores em todo o mundo.

A história de amor de Jack e Rose está no topo da de James Cameron em termos de tramas românticas. Mas, não podemos esquecer que Avatar, o filme de maior bilheteria da história e agora uma promissora saga de ficção científica, também constrói sua trajetória de colonização e guerra em torno de uma terna história de amor: a de Jake (Sam Worthington) e Neytiri (Zoe Saldaña).

Na trama, Jake e Neytiri se apaixonam perdidamente e, embora sua história de amor não seja exatamente fácil, a recém-lançada sequência Avatar: O Caminho da Água nos apresenta os protagonistas 13 anos depois, ainda apaixonados e com uma bela história construída.

Assim como em Titanic, o casal de astros de Avatar serviria como eixo central da história e James Cameron estava bem ciente da importância de encontrar o casal de atores perfeito para entrar nos papéis. Um processo que ele mesmo reconhece como "muito parecido" com a busca por Jack e Rose.

“Os realizadores tomam mil decisões por dia, mas a decisão mais importante que um realizador toma é escolher um ator ou não”, disse o cineasta, em entrevista à Empire. "Eu levo o processo de audição muito a sério. Os atores me dizem que passo muito mais tempo com eles na primeira leitura do que em audições normais. Quero conhecê-los: como eles pensam e como reagem às ideias."

A química mais importante é entre o diretor e o ator. A química entre os atores também é crítica, especialmente em uma história de amor, e tive boa sorte com leituras de química no passado.

"Em Titanic, escolhi Kate [Winslet] primeiro e depois ela leu generosamente com vários jovens candidatos a Jack. Eu vi como ela ficou animada depois de ler com Leo. Eu o observei se transformar milagrosamente em Jack diante dos meus olhos por alguns minutos, como um unicórnio que entra em uma clareira ensolarada", lembra ele.

"Foi semelhante em Avatar. Zoe foi escalada primeiro e lida com Sam, a quem eu já estava considerando seriamente, antes de tomar a decisão final. Quando os assisti juntos, o filme de repente pareceu ganhar vida. Depois daquele momento, eu sabia que todos os desafios de efeitos visuais do mundo não poderiam nos impedir de contar uma poderosa história de amor."

Leia o artigo em AdoroCinema

"James Cameron nos deu um desafio": Para Sigourney Weaver, o mergulho não foi a maior dificuldade de Avatar 2

Titanic: A história real por trás da cena de sexo de Jack e Rose

Quais são as maiores bilheterias de 2022? Avatar 2 bateu US$ 1 bilhão, mas não está em primeiro

"Nosso tempo como artistas é limitado": James Cameron se abre sobre o que a saga Avatar o obriga a sacrificar

Titanic pode se tornar o segundo filme de maior bilheteria da história (e roubar a posição de Vingadores: Ultimato)