Fogo no Feno! Psicóloga explica comportamento explosivo de peões em 'A Fazenda 2022'

"A Fazenda 2022" está sendo palco para inúmeras tretas, confusões, brigas e o público pode reparar que os participantes não chegam nem perto do que foi o "BBB do Amor". De acordo com a psicóloga Maria Rafart, os efeitos do confinamento podem explicar alguns comportamentos em excesso, como aconteceu na briga que gerou a expulsão de dois participantes, além de explicar sobre a rivalidade que fez um grupo pensar em desistir coletivamente.

Maria Rafart explica que o confinamento pode tornar um ambiente mais hostil por privar os participantes de coisas básicas, como notícias sobre familiares e a interação com um grupo menor de pessoas. A profissional chamou de "bomba psicológica" o resultado do maior efeito do confinamento que é quando o participante entende que tudo ao redor é uma ameaça.

Após ser eliminado de "A Fazenda", Vini contou que se sentiu mal por começar a briga que acabou na expulsão de Tiago, explicando que as palavras de Shayan foram um gatilho. Vini está fora do reality show, mas ao longo dos meses os participantes podem sofrer mais com o impacto do confinamento.

De acordo com a psicóloga, quem está neste tipo de situação "pode reduzir as chances de haver um olhar crítico sobre si mesmo", ou seja, os participantes não percebem que a realidade dentro do programa não é a única....

Veja mais


Veja também

Luciano explica comportamento explosivo de Zezé Di Camargo: 'Virou adulto cedo'
'A Fazenda 2022': Bia coloca fogo no feno ao delegar funções como Fazendeira e manda recado para rivais
'A Fazenda 14': agora é fogo no feno! Record divulga LISTA OFICIAL dos participantes