Florence Pugh expõe pressão estética em Hollywood: “Queriam mudar meu peso"

Florence Pugh na pré-estreia de
Florence Pugh na pré-estreia de "The Wonder" na 66ª edição do BFI London Film Festival no The Royal Festival Hall em 7 de outubro de 2022 em Londres, Inglaterra. (Foto: Karwai Tang/WireImage)

A atriz Florence Pugh revelou que quase perdeu a paixão pela carreira artística por conta da pressão estética que sofreu em Hollywood. Logo quando começou atuar, foi escalada para estrelar uma série de TV nos Estados Unidos e descobriu que a indústria era bem diferente da Inglaterra.

“Queriam mudar meu peso, meu visual, o formato do meu rosto, as minhas sobrancelhas”, desabafou em entrevista ao jornal "The Telegraph".

“Tinham todas essas coisas que eles queriam mudar em mim, e não era nada disso que eu queria fazer. Não era nesse tipo de indústria que eu queria trabalhar”, disse a estrela de "Não Se Preocupe, Querida". “Eu comecei a pensar que tinha cometido um erro terrível".

A proposta do projeto veio logo após sua estreia nos cinemas com "The Falling" (2014), filme em que contracenou com Maisie Williams ("Game of Thrones"). Na história, ela iria interpretar uma jovem popstar, mas os bastidores não foram como esperava: “Eu achei que todo projeto seria como 'The Falling', mas não foi bem assim”.

No entanto, o projeto nunca saiu do papel e ela voltou para Inglaterra. Pouco depois, a atriz foi escalada para protagonizar "Lady Macbeth" (2016) e recuperou sua paixão pela atuação. “Eu gosto de atuar em projetos em que posso dar minha opinião e ser ouvida. Acho que é fácil para as pessoas da indústria te empurrarem para uma coisa ou outra. Eu tive a sorte de, aos 19 anos, já saber exatamente o que eu queria”, completou.

Recentemente, Florence Pugh estrelou “Não Se Preocupe, Querida” com Harry Styles, filme cercado por polêmicas que entrará para o catálogo da HBO Max no dia 7 de novembro. Ela é atualmente a Viúva Negra da Marvel Studios e voltará a viver a heroína no filme “Thunderbolts”, que estreia em 2024.