Flávia Alessandra diz que já perdeu trabalhos para evitar assédio

Flávia Alessandra. Foto: reprodução/YouTube

Momentos marcantes da carreira da atriz e da intimidade do casal foram os principais temas da entrevista de Flávia Alessandra ao marido, o apresentador Otaviano Costa, em seu canal no YouTube. No vídeo, publicado esta semana, a intérprete da Helena de “Salve-se Quem Puder” também abriu o jogo sobre um assunto sério: assédio no meio artístico.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Quando eu percebia que podia existir um assédio, eu simplesmente me afastava ou não reencontrava aquele diretor, para série ou teatro. Perdi vários trabalhos porque deixei de ir quando senti que podia ter alguma coisa diferente”, disse.

Leia também:

No papo descontraído, Flávia também lembrou seu ensaio para a revista “Playboy”, em 2006. Segundo ela, posar nua para a revista era um desejo que ela mantinha há algum tempo, mas com uma condição.

“Eu queria fazer, mas tinha certeza de que não queria que a “Playboy” fosse um impulso para a minha carreira. Eu só poderia fazer depois que já tivesse sido reconhecida como atriz”, revelou a atriz de 45 anos..

O “sim” ao trabalho só aconteceu depois da novela “Alma Gêmea”, em que interpretou a vilã Cristina. “Eu era convidada todo ano. Quando veio 'Alma Gêmea' e o reconhecimento, quando as pessoas passaram a me olhar de outra maneira, eu disse: 'Opa, agora pode rolar ‘Playboy’”, disse ela, que afirmou ter contado com o apoio e o respeito do então novo namorado.

Otaviano compartilhou ainda a reação de alguns amigos atores ao descobrirem sobre o relacionamento. Murilo Benício fez graça, dizendo que ele era um cara “pior do que ela”. Já Marcos Palmeira se confundiu.

“Ele me perguntou: ‘Mas que história é essa, você já vai casar? Pô, com o Celso Portiolli? Como ele é?’”, recordou Flávia, às gargalhadas.