Fiorella Matheis dá pausa na atuação para ser empresária de moda: "Motivada"

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
A atriz e empresária Fiorella Matheis. Foto: reprodução/Instagram/fiorellamatheis
A atriz e empresária Fiorella Matheis. Foto: reprodução/Instagram/fiorellamatheis

Ex-modelo, Fiorella Mattheis hoje investe pesado em seu lado empresária de moda. Ela é a criadora da Gringa, brechó digital que reúne peças de grifes de luxo, e quer focar totalmente no crescimento do projeto. Empolgada com o novo negócio, a ex-integrante do humorístico “Vai que Cola” colocou a atuação em segundo plano.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Saí do Multishow no final de 2019 para me dedicar à Gringa em 2020. No meio, veio a pandemia, em que as produções pararam, e meu projeto com GNT também. Pude mergulhar na empresa. Hoje, sou CEO e já tenho uma rotina operacional/estratégica e estou realmente feliz e motivada”, afirmou, em entrevista à revista “Ela”, do jornal “O Globo”.

Leia também:

Segundo ela, voltar às telinhas, só mais adiante. “Dizer que [atuar] nunca mais é muito forte, mas no momento quero me dedicar 100% à Gringa e conciliar meus clientes de publicidade e redes sociais. O momento atual é de relação de mãe e filho recém-nascido. Vejo tudo, participo de tudo e quero estar presente em tudo”, disse.

Fiorella explicou que a Gringa recebe produtos do Brasil inteiro e sua equipe faz a curadoria dos produtos. “Para a loja, escolhemos as peças mais importantes e icônicas, porém, a reposição é diária... Então, toda hora tem novidade! Trabalhamos com marcas gringas de luxo. Minhas amigas famosas participaram e participam do nosso leilão 100% beneficente semanal. Em seis meses, já doamos quase R$ 200 mil reais! É incrível”, comemorou.

Ela defende que a moda “pode ser sustentável, circular, transparente e democrática” e diz que há algum tempo vem repensando sua relação sobre o consumo. “Há alguns anos, venho me questionando sobre a moda e o consumo desenfreado. Quantos anúncios eu já fiz também e promovi isso. Estamos acordando e despertando nossa consciência sobre consumo sustentável. Um lado alimenta o outro. Hoje, escolho com mais critério para quem empresto a minha imagem”, explica.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube