Terror: confira 5 filmes em que as cenas fortes são garantidas

Existem filmes terror para todos os gostos. Tem gente que gosta das produções com histórias recheadas de sustos, e existem aqueles os que não dispensam as cenas de violência.  Tramas com suspense psicológico, com uma narrativa cheia de pontas soltas que vão se costurando ao longo da trama, geralmente com finais surpreendentes, também agradam. 

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Leia também

De uma forma ou de outra, a melhor coisa é separar algum tempinho para ver um bom filme de terror. Confira a nossa seleção:

'Invocação do Mal', de James Wan

(Reprodução/IMDb/Photo by Michael Tackett - © 2012 Warner Bros. Entertainment Inc. All rights reserved.)

O filme conta a história de Ed e Lorraine Warren, interpretados por Patrick Wilson e Vera Farmiga, respectivamente. Ele são investigadores paranormais que ficaram conhecidos após o caso da boneca Annabelle que, por sua vez, originou o filme ‘Terror em Amityville’. 'Invocação do Mal' também foi baseado em fatos reais e narra o caso da família Perron, que acaba de se mudar para uma casa assombrada em Rhode Island. O longa ganhou um segundo filme, o ‘Invocação do Mal 2’, que conta o caso do Poltergeist de Enfield. Ambas as produções estão disponíveis na Netflix.

‘O Iluminado’, de Stanley Kubrick

(Reprodução/IMDb)

Se você ainda não assistiu ao clássico filme de 1980, pode preparar a pipoca. O longa conta a história do escritor Jack Torrance, interpretado pelo ator Jack Nicholson, que se refugia no Hotel Overlock para ganhar alguma inspiração para o seu próximo livro – quando começa a ser assombrado por estranhos eventos do local. Vale lembrar que essa é uma boa oportunidade para conhecer a trama antes de assistir ‘Doutor Sono’, continuação do longa de Kubrick que foi lançado em novembro nos cinemas.

‘Corra!’, de Jordan Peele

(Reprodução/IMDb/© 2016 Universal Pictures)

Suspense e terror é uma das melhores combinações para assistir no Dia das Bruxas, tudo que o longa ‘Corra!’ tem de sobra. A narrativa gira em torno do fotógrafo negro Chris Washington (Daniel Kaluuya), que é convidado a conhecer a família da sua namorada branca Rose Armitage (Allison Williams). Tudo parece normal, até que alguns fatos bastante estranhos começam a acontecer na casa da família Armitage. O enredo trata de questões raciais além do terror, fazendo do longa um sucesso de crítica e público.

‘Babadook’, de Jennifer Kent

(Reprodução/IMDb)

Saindo do eixo EUA, o ‘Babadook’ é uma coprodução australiana e canadense. Ele também se enquadra na classificação de "terror psicológico" e conta a história de Amelia (Essie Davis), que é atormentada pela morte trágica do marido e ainda precisa lidar com a insônia do filho Samuel (Noah Wiseman). O título é um anagrama para "a bad book", que significa "um livro mau", em tradução - o que dá uma dica sobre como segue o enredo. Disponível na Netflix, o longa foi exibido no Festival de Sundance de 2014 e ganhou o Empire Award de “Melhor Terror” e “Melhor Roteiro Original” pela Academia Australiana de Cinema.

‘Hereditário’, de Ari Aster

(Reprodução/IMDb/Reid Chavis)

Do mesmo produtor de A Bruxa’, Hereditário conta a história da família Graham, que está passando por um luto após a morte da matriarca Ellen, mãe de Annie (Toni Collette) e avó de Peter (Alex Wolf) e Charlie (Milly Shapiro), sendo que a família toda mora na casa de Ellen. Depois do enterro, o local começa a registrar alguns acontecimentos bizarros e que mostram um passado de Ellen que até então sua família desconhecia.