Filme que venceu Gramado é um dos afetados por fim de programa da Ancine

CLARA BALBI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Vencedor do Festival de Gramado deste ano, "Pacarrete" foi um dos filmes prejudicados pela decisão da Ancine (Agência Nacional do Cinema) de suspender provisoriamente seu programa de apoio a produções brasileiras em eventos internacionais.

O filme, dirigido por Allan Deberton -produtor de uma das séries de um edital de TVs públicas censurado pelo governo no final de agosto- teve o pedido de apoio para ser exibido no Festival de Bogotá, na Colômbia, negado.

Publicada nesta terça (10) e tomada pelos únicos dois membros remanescentes na diretoria do órgão após o afastamento de Christian de Castro da presidência -o que a torna "ad referendum", isto é, sujeita a uma aprovação colegiada posterior-, a decisão é parte de uma deliberação que dita a prioridade do pagamento da contribuição anual ao Ibermedia, programa de estímulo à promoção e à distribuição de filmes Ibero-americanos.

Cineastas responsáveis por outras cinco produções, entre curtas e longas-metragens, dizem ter sido lesados pela decisão da diretoria. Isso porque, tendo tido seus pedidos de apoio aprovados pela Ancine, compraram passagens aéreas para os respectivos festivais de que participariam. Só depois receberam o aviso de suspensão do programa.

Muitos destes cineastas acrescentam ainda que os bilhetes aéreos são low-cost, ou seja, não podem ser transferidos ou reembolsados em seu preço integral. Os valores dos apoios concedidos pela Ancine giravam em torno dos R$ 4.000.

A mineira Juliana Antunes conta ter recebido o aval da agência para levar seu curta "Plano Controle" ao New York Film Festival (NYFF), com início em 27 de setembro, isto é daqui a duas semanas.

Além dela, a única outra produção de DNA completamente nacional na programação era o hit "Bacurau", de Juliano Dornelles e Kléber Mendonça Filho. Ganhador do prêmio do júri do Festival de Cannes deste ano, marcou um ano em que a crítica internacional voltou seus olhos para o Brasil.

Antunes também negociava apoio para ir ao Viennale, que acontece no final de outubro em Viena, e para o Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata, na Argentina, em novembro. "Como virar dinheiro da noite pro dia e arcar com uma viagem para a qual não tenho a menor condição financeira?", questiona a diretora, acrescentando que o NYFF não arca com despesas de hospedagem e alimentação.

Diretora de "Entre", curta que compete no BFI London, Ana Carolina Marinho Dantas apelou para uma vaquinha virtual para conseguir apresentar seu filme na capital britânica. Além disso, conseguiu negociar com o festival uma ajuda de custo de 200 libras (cerca de R$ 1.000) que tinha sido negada por causa do apoio da Ancine. Agora, articula uma ação jurídica conjunta contra o órgão junto com outros cineastas prejudicados.

A suspensão do programa acontece em um momento de crise na agência.

Além de sucessivas tentativas de controle por parte do presidente Jair Bolsonaro, que anunciou a mudança do órgão do Rio para Brasília e defende a implementação de "filtros" de conteúdo às produções nacionais, há duas semanas o diretor Christian de Castro foi afastado e acusado de um conluio para manchar a imagem dos outros membros da diretoria.