Filme alemão antiguerra 'Nada de Novo no Front' lidera indicações ao BAFTA

O longa alemão "Nada de Novo no Front" empatou, nesta quinta-feira (19), com "O Tigre e o Dragão" (2001), do taiwanês Ang Lee, como o filme em língua não inglesa com maior número de indicações na história do cinema britânico, somando 14 para os prêmios BAFTA, entregues em fevereiro.

As indicações da obra do diretor alemão Edward Berger incluem as categorias de melhor filme, direção, roteiro adaptado, fotografia e filme estrangeiro.

Nessa última categoria, concorrerá com "Argentina 1985", de Santiago Mitre; "Corsage", da austríaca Marie Kreutzer; "Decisão de Partir", do sul-coreano Park Chan-wook; e "The Quiet Girl", do irlandês Colm Bairéad.

Entre os mais indicados este ano, estão também a comédia dramática "Os Banshees de Inisherin" e a excêntrica ficção-científica "Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo", com 10 indicações, seguidas pelo biográfico "Elvis" com nove e o drama psicológico "Tár" com cinco.

A cerimônia de entrega dos prêmios BAFTA, um dos prelúdios do Oscar, será realizada em 19 de fevereiro Londres.

"Nada de Novo no Front", que relata as experiências de um soldado alemão adolescente durante a Primeira Guerra Mundial, é baseado no livro de mesmo nome de 1929 do alemão-americano Erich Maria Remarque.

Traduzido para mais de 60 línguas e com mais de 50 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, trata-se de um dos mais influentes exemplos de literatura antimilitarista.

Um ano após s publicação do livro, estreou nos Estados Unidos uma adaptação cinematográfica dirigida por Lewis Milestone, que venceu os Oscars de melhor filme e melhor diretor.

Mas sua mensagem subversiva levou à proibição da obra na Alemanha e sua inclusão na queima de livros pelos nazistas de 1933.

"Meu filme se distingue dos filmes (bélicos) americanos ou britânicos feitos a partir do ponto de vista dos vencedores", afirmou Berger à AFP em setembro. "Na Alemanha, existe este sentimento de vergonha, luto e culpa. Para mim, era importante apresentar esta perspectiva", acrescentou.

A categoria de melhor ator terá Paul Mescal ("Aftersun") contra Colin Farrell ("Os Banshees de Inisherin"), Austin Butler ("Elvis"), Daryl McCormack ("Boa Sorte, Leo Grande"), Bill Nighy ("Living") e Brendan Fraser ("The Whale").

Para melhor atriz, a disputa é entre Ana de Armas ("Blonde"), Michelle Yeoh ("Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo"), Emma Thompson ("Boa Sorte, Leo Grande"), Cate Blanchett ("Tár"), Danielle Deadwyler ("Till - A Busca por Justiça") e Viola Davis ("A Mulher Rei").

phz-acc/mb/ic/mvv